Salada Verde

Comissão rejeita projeto que daria controle sobre a caça aos estados

Deputados rejeitaram, por unanimidade, proposta que repassa aos Estados o controle do manejo, da caça e do recolhimento de amostras de espécies da fauna silvestre

Sabrina Rodrigues ·
30 de abril de 2018 · 3 anos atrás
Salada Verde
Sua porção fresquinha de informações sobre o meio ambiente
O relator do projeto de lei 436/2014, na Comissão de Meio Ambiente e Desenvolvimento Sustentável da Câmara dos Deputados (Cmads), o deputado Nilto Tatto (PT-SP) recomendou a rejeição à proposta. Foto: Miguel Jesus.

 

A Comissão de Meio Ambiente e Desenvolvimento Sustentável da Câmara dos Deputados (Cmads) rejeitou, por unanimidade, o Projeto de Lei Complementar (PLC) 436/14, do deputado Rogério Peninha Mendonça (PMDB-SC), que repassa para os estados a responsabilidade administrativa pelo controle do manejo, da caça e do recolhimento de amostras de espécies, de ovos e de larvas da fauna silvestre.

O relator do projeto, na Comissão, é o deputado Nilto Tatto (PT-SP), que recomendou a rejeição do projeto por considerar que o tema autorizaria, por vias indiretas, o exercício da caça no Brasil, hoje proibida por lei. Tato também é relator, na Comissão de Meio Ambiente e Desenvolvimento Sustentável, do projeto de lei que libera a caça de animais silvestres no país. Ele também pede a rejeição dessa proposta.

 

Atribuição da União

O relator afirma que os estados já possuem a atribuição de controlar a espécimes da fauna silvestre, ovos e larvas, de forma destinada à implantação de criadouros e à pesquisa científica e que o Ibama tem acordos de cooperação técnica para a gestão da fauna com vários estados.

“A modificação prevista pelo PLP 436/14 retira por completo qualquer atribuição da União nessa área e inova no texto dando a atribuição de controle de caça aos órgãos estaduais de meio ambiente, o que é um absurdo”, afirmou o relator.

A proposta segue para a Comissão de Constituição e Justiça e de Cidadania e depois vai para o Plenário.

*Com informações da Câmara Notícias

 

Leia Também

Projeto de Lei regulamenta a caça de animal silvestre no Brasil

Caça de Subsistência dentro e fora da lei: um debate necessário

Caça ilegal ameaça deixar Mata Atlântica desabitada

 

 

 

 

  • Sabrina Rodrigues

    Repórter especializada na cobertura diária de política ambiental. Escreveu para o site ((o)) eco de 2015 a 2020.

Leia também

Notícias
24 de outubro de 2016

Caça ilegal ameaça deixar Mata Atlântica desabitada

Estudo apresentado por professores e alunos da Unesp demonstra que afrouxamento na fiscalização facilita ação de caçadores e palmiteiros

Análises
6 de abril de 2017

Caça de Subsistência dentro e fora da lei: um debate necessário

Seria hipocrisia negar que no Brasil a caça seja uma prática pouco freqüente ou difundida, independente da região do país. Todos já ouviram histórias ou relatos sobre caça

Notícias
3 de janeiro de 2017

Projeto de Lei regulamenta a caça de animal silvestre no Brasil

Proposta quer a criação de reserva própria para caça de animais e revoga a Lei de Proteção à Fauna, de 1967, que proíbe o exercício da caça profissional

Mais de ((o))eco

Deixe uma resposta

Comentários 3

  1. Paulo diz:

    Com esta fiscalização miserável, nem pensar.


  2. Paulo diz:

    Mas neste formato sr. JP. E vindo do deputado Valdestruir Colato, é de esperar coisa ruim.


  3. JP diz:

    O Brasil é praticamente o único pais do mundo que não tem alguma forma de caça esportiva/manejada…Como diria Juninho Pernambucano: " O Brasil é do avesso!"