Salada Verde

Belo Monte terá que instalar grades para impedir morte de peixes

Norte Energia, responsável pela hidrelétrica, já havia sido notificada pelo Ibama e foi multada em R$ 35 milhões por morte de 16 toneladas dos animais

Sabrina Rodrigues ·
28 de março de 2018 · 3 anos atrás
Salada Verde
Sua porção fresquinha de informações sobre o meio ambiente
Usina Hidrelétrica de Belo Monte, Pará. Foto: Ministério do Planejamento – Flickr.

 

A usina hidrelétrica Belo Monte, localizada em Altamira (PA), terá que instalar grades na entrada de cada turbina para impedir que os peixes entrem nas máquinas e sejam triturados pelas hélices. O Ibama obrigou que a empresa tomasse a medida devido ao alto grau de mortandade dos peixes, que são sugados pelas turbinas em operação.

A Norte Energia já tinha sido acionada pelo Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis (Ibama), para paralisar os testes e operações de suas novas turbinas, até apresentar uma solução para o impedimento da morte dos animais.

No ano passado, o Ibama multou a Norte Energia em R$ 35 milhões pela morte de 16 toneladas de peixes. Depois disso, a Norte Energia se comprometeu em instalar malhas com intervalos de 2,5 centímetros para evitar que os animais atravessem.

Até 2019, a empresa pretende instalar 18 turbinas.

 

Leia Também

Símbolo contra Belo Monte recebe prêmio por defesa do meio ambiente

Quase concluída, Belo Monte mudará o pulso das águas do Xingu

Norte Energia terá que divulgar os relatórios sobre Belo Monte

 

  • Sabrina Rodrigues

    Repórter especializada na cobertura diária de política ambiental. Escreveu para o site ((o)) eco de 2015 a 2020.

Leia também

Salada Verde
21 de setembro de 2016

Norte Energia terá que divulgar os relatórios sobre Belo Monte

Acordo extrajudicial obrigou concessionária construtora da usina a publicar os relatórios das obrigações socioambientais definidas no licenciamento da usina.

Reportagens
1 de outubro de 2015

Quase concluída, Belo Monte mudará o pulso das águas do Xingu

Como pescar sem cheia? como navegar rio seco? Essa é a sombra que paira sobre estes moradores do Xingu. O ciclo natural não será mais o mesmo.

Reportagens
10 de outubro de 2017

Símbolo contra Belo Monte recebe prêmio por defesa do meio ambiente

Coordenadora do ‘Movimento Xingu Vivo Para Sempre’, Antônia Melo foi homenageada pela Fundação Soros. “Continuaremos na luta em defesa do rio Xingu, da natureza e da vida"

Mais de ((o))eco

Deixe uma resposta

Comentários 2

  1. nathalia diz:

    É estas empresas são todas gananciosas. No fim o barato sai caro !


  2. paulo diz:

    Porque não fazem pela consciência (nome já diz, com a ciência), não preferem ir pelo errado, ir pela interpelação, pela obrigação de alguém ou de algum setor ou órgão.
    Chama-se isto de ganância.