Salada Verde

AquaRio homenageia fundadores dos projetos Baleia-Franca e Tamar

Os conservacionistas Guy Marcovaldi e José Truda Palazzo Jr foram laureados com o prêmio ‘Conservação Marinha’. Cerimônia ocorreu na sexta-feira

Daniele Bragança ·
16 de junho de 2019 · 2 anos atrás
Salada Verde
Sua porção fresquinha de informações sobre o meio ambiente
Da esquerda para a direita: Guy Marcovaldi, Marcelo Szpilman e José Truda Palazzo Jr. Foto: Acervo/AquaRio.

O Aquário Marinho do Rio (AquaRio) premiou os conservacionistas Guy Marcovaldi e José Truda Palazzo Jr pelos trabalhos desenvolvidos nos projetos Tamar e Baleia-Franca, respectivamente. Os dois ambientalistas foram homenageados na manhã de sexta-feira (14) e receberam o prêmio ‘Conservação Marinha’, criado com o objetivo de identificar e reconhecer as iniciativas para a conservação dos oceanos.

Esta é a segunda edição do “Prêmio Conservação Marinha”, do Aquário Marinho do Rio. Em sua primeira edição, os surfistas catarinenses João Baiuka e Philipe Marreco — que ficaram famosos por resgatarem um filhote de baleia Franca preso em uma rede de pesca — foram os primeiros cidadãos a receber a premiação promovido pela atração.

O oceanógrafo Guy Marcovaldi foi um dos fundadores do projeto Tamar, criado em 1980 com foco na proteção de tartarugas marinhas e se tornou referência mundial.

“Um programa de natureza não se constrói sem dedicação. O maior resultado do Tamar é a recuperação de cinco espécies de tartarugas e a confiança que elas depositam em nós. No início, elas fugiam, hoje, elas confiam na gente”, disse Marcovaldi, em seu discurso.

Em 2005, ((o))eco entrevistou Claudio Bellini, que coordenava as atividades do Tamar em Pernambuco e no Rio Grande de Norte e contou, com detalhes, como o grupo nasceu.

Foco nas baleias

Já o ambientalista José Truda Palazzo Jr foi fundador do projeto Baleia-Franca, no começo dos anos 1980. As baleias francas estão entre os dez maiores cetáceos do mundo.

Também em entrevista a ((o))eco, em agosto de 2004, Truda, que logo depois se tornou colunista do site, contou sua experiência na formação do projeto, do qual saiu em 2009. Atualmente, o ambientalista trabalha no projeto Baleia Jubarte, na Bahia.

“O mundo precisa de pessoas dedicadas e que trabalham com conservação para mudá-lo. É uma honra receber este prêmio por tudo o que ele representa”, disse.

 

 

Leia Também 

Bellini e as tartarugas – com Cláudio Bellini

Por trabalho na conservação de antas, brasileira ganha prêmio internacional

O ambientalista de resultados – com José Palazzo Truda

 

 

 

 

 

  • Daniele Bragança

    É repórter especializada na cobertura de legislação e política ambiental. Formada em jornalismo pela Universidade do Estado d...

Leia também

Reportagens
24 de setembro de 2004

O ambientalista de resultados – com José Palazzo Truda

José Truda e a equipe do Projeto Baleia Franca contam a história da preservação das baleias, falam sobre educação ambiental e alertam para a ameaça japonesa.

Salada Verde
13 de junho de 2019

Por trabalho na conservação de antas, brasileira ganha prêmio internacional

National Geographic Society premiou Patrícia Medici, do Instituto Ipê, pelo seu trabalho na conservação da espécie Tapirus terrestris

Reportagens
5 de agosto de 2005

Bellini e as tartarugas – com Cláudio Bellini

Em 25 anos, o Projeto Tamar salvou 7 milhões de tartarugas e mostrou que conservação é algo possível no Brasil. O coordenador Cláudio Bellini diz como.

Mais de ((o))eco

Deixe uma resposta

Comentários 2

  1. marciomottabio diz:

    Aquário acenando para a conservação como se fosse uma instituição realmente preocupada com isso.