Salada Verde

Prorrogado prazo de concurso para centro que monitora desastres

Cemaden, ligado ao Ministério da Ciência, Tecnologia e Inovação, vai preencher 15 vagas para candidatos com doutorado. Inscrição vai até sexta

Redação ((o))eco ·
20 de março de 2014 · 7 anos atrás
Salada Verde
Sua porção fresquinha de informações sobre o meio ambiente
Concurso prolongado. Foto: Pixabay.

Foram prorrogadas até essa sexta-feira (21) as inscrições para o concurso que vai preencher 15 vagas de pesquisador do Centro Nacional de Monitoramento e Alertas de Desastres Naturais (Cemaden), instituto ligado ao Ministério da Ciência, Tecnologia e Inovação.

São oferecidas 3 vagas para as especialidades Geodinâmica ou Geologia, 3 para Hidrologia, 2 para Meteorologia; 3 para Desastres Naturais; 1 para Agrometeorologia; 1 para Fogo, Vegetação e Desastres Naturais e 2 vagas para Modelagem de Desastres Naturais. Todas as vagas exigem que os candidatos tenham concluído o doutorado.

O concurso acontecerá em duas parte. A primeira é a realização de uma prova escrita de conhecimentos específicos e a segunda será a análise de títulos e currículo. A seleção ocorrerá na cidade de São José dos Campos (SP) e, portanto, as inscrições devem ser feitas pessoalmente ou por procuração na sala do Cemaden, no Parque Tecnológico de São José dos Campos, situado à Estrada Doutor Altino Bondesan, 500, Distrito de Eugênio de Melo (Rodovia Presidente Dutra, km 137,8) ou na sede do Cemaden, localizado no campus do Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (Inpe), situado à Rodovia Presidente Dutra, km 39, em Cachoeira Paulista (SP).

O edital pode ser conferido em no site do Cemaden.

 

Leia Também
Governo lança mapa de áreas sujeitas a desastres naturais
Autorizado concurso para o Ministério do Meio Ambiente
Governo lança edital para o concurso do ICMBio

Leia também

Notícias
27 de julho de 2021

Auditoria do TCU aponta erros do governo federal no combate ao desmatamento na Amazônia

O Ministério do Meio Ambiente terá 120 dias para apresentar um plano de ação com cronograma e medidas que corrijam as falhas apontadas pelo TCU, como a asfixia do Ibama por falta de fiscais

Colunas
27 de julho de 2021

O Brasil precisa aprender a viver no Antropoceno

Se vamos ter que navegar pelo Antropoceno, como espécie e como nação, vamos ter que rever nossa organização interna para conter a degradação

Notícias
27 de julho de 2021

MPF entra com ação civil pública contra fusão do Ibama e ICMBio

Procuradores pedem que Ministério do Meio Ambiente e autarquias escutem a sociedade civil e consulte povos afetados antes de qualquer decisão administrativa sobre o fim do ICMBio

Mais de ((o))eco

Deixe uma resposta