Chico Mendes é declarado patrono do meio ambiente no Brasil

terça-feira, 17 dezembro 2013 1:06
Chico Mendes em sua casa, em Xapuri (AC), com seus dois filhos, Elenira e Sandino Mendes. Foto: Wikipédia.

A presidente Dilma Roussef sancionou nesta segunda-feira (16) a Lei nº 12.892, que torna o líder seringueiro Chico Mendes patrono do Meio Ambiente brasileiro. No próximo dia 22 de dezembro é aniversário de 25 anos da morte de Mendes, assassinado a tiros no quintal de sua casa, em Xapuri, no Acre, em 1988.

A luta de Chico Mendes em prol dos povos da floresta e pela conservação da Amazônia motivou homenagens de várias instituições, que batizaram órgãos e departamentos com seu nome. Isso inclui o ICMBio (Instituo Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade), responsável por gerir as Unidades de Conservação federais. Em Xapuri, a Reserva Extrativista Chico Mendes, criada em 1990, hoje explora e comercializa a borracha (Folha Defumada Líquida-FDL) e o óleo de copaíba, e implementa projetos na tentativa de conciliar preservação e extrativismo.

Na Câmara dos Deputados, o plenário onde funciona a Comissão da Amazônia deveria ganhar o nome de Chico Mendes há 5 meses, quando foi aprovado o projeto da deputada Janete Capiberibe (PSB-AP), que dava o nome de Mendes ao espaço. Mas, como mostra reportagem do Jornal O Globo, os ruralistas, que são maioria na comissão, se recusam a consumar a homenagem. (Daniele Bragança)

 

Leia Também
Os novos heróis ambientais
Chico Mendes foi um herói ambiental?
Economia cresce com árvores de pé

Deixe um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.