Salada Verde

O mimetismo e a diversidade biológica

Pássaros que conseguem imitar vocalizações mudam comportamento de acordo com diversidade do ambiente.

Redação ((o))eco ·
23 de setembro de 2010 · 11 anos atrás
Salada Verde
Sua porção fresquinha de informações sobre o meio ambiente

O estudo de Paola Laiolo, do Instituto de Biodiversidade de Cantábria, analisou o mimetismo entre espécies animais na procura de correlações com a biodiversidade. Focada no mimetismo vocal de aves, a pesquisa observou o comportamento de cotovias do gênero Galerida, animais que desenvolvem maior complexidade sonora por mimetizar outros pássaros.

Foi observado que o mimetismo é maior em áreas com maior diversidade de aves, enquanto que a variabilidade de músicas específicas de certas espécies era maior nas áreas com abundância das cotovias. Dessa forma, o estudo conclui que pássaros miméticos mudaram seu comportamento heteroespecífico para outro coespecífico, dependendo da composição de seu ambiente social.

A biodiversidade foi um estimulador dos comportamentos individuais mais complexos, já que o mimetismo media interações entre membros de uma mesma espécie, com competidores e até com predadores. O estudo vai além ao dizer que os comportamentos possuem um efeito cascada em outros aspectos da biodiversidade, a diversidade de interações. A informação também saiu na Royal Society Publishing.

Leia também

Reportagens
17 de maio de 2021

Sete aves da Mata Atlântica foram extintas nas últimas décadas

A maioria das aves extintas ocorria no Centro de Endemismo Pernambuco, no nordeste, e os pesquisadores alertam para outras nove espécies da Mata Atlântica que estão à beira da extinção

Notícias
17 de maio de 2021

Vozes do Planeta comemora 5 anos em episódio especial

Programa pioneiro em jornalismo ambiental traz personagens importantes da história do podcast para celebrar a data

Análises
17 de maio de 2021

Opinião não é artigo científico

A utilização de espécies exóticas como a tilápia pode causar diversos impactos negativos no meio ambiente e isso é um fato. Fingir ter a chancela de uma respeitável revista científica não vai mudar isso

Mais de ((o))eco

Deixe uma resposta