O melhor de ((o))eco em 2013: Reportagens (parte 1)

O melhor de ((o))eco em 2013: Reportagens (parte 1)

((o))eco
quinta-feira, 26 dezembro 2013 22:03

Fizemos uma seleção em duas partes das melhores reportagens publicadas em 2013. Nessa primeira parte, conheça a mineração de ouro que quer se instalar próximo a Belo Monte, entenda como funciona a vigilância sobre o desmatamento feita pelo INPE (Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais), veja os riscos que funcionários do ICMBio correm ao realizar uma fiscalização dura, aprenda sobre hortas urbanas e aprecie como o esforço de um conservacionista está salvando o ameaçado Soldadinho do Araripe.

 

A outra “Belo” que está se instalando à beira do rio Xingu, por Elizabeth Oliveira e Victor Moriyama

Distante 50 km da hidrelétrica Belo Monte, a mineradora canadense Belo Sun também quer água do Xingu para usar na mineração de ouro.

Inpe e Imazon: vigilantes do desmatamento na Amazônia, por Christiane Kokubo

De São José dos Campos (SP) e Belém do Pará (PA), os dois institutos mantêm um olhar agudo sobre o desmatamento na Amazônia. Entenda como.

Vila da Ressaca: os restos de um sonho dourado, por Victor Moriyama

Perto de Altamira, o garimpo que já foi pujante, hoje é decadente e usa técnicas precárias que arriscam a saúde dos homens e o meio ambiente.

País possui um pré-sal de energia solar, por Celso Calheiros

Grande área territorial e posição do país no planeta são fatores que contribuem para um alto nível de insolação no sertão brasileiro.

Assassinos de Zé Cláudio são condenados a 40 anos de prisão, por Fabíola Ortiz

Dois pistoleiros foram condenados pela morte do casal. Mas, por falta de provas, Justiça absolveu acusado de ser o mandante do crime.

Uma ponte perto demais, por Marcio Isensee

A obra que uniu Manaus aos municípios da margem direita do Rio Negro prometeu progresso mas trouxe especulação, desmatamento e violência.

Hortas urbanas: uma revolução gentil e orgânica, por Camila Fróis

Em São Paulo, Havana e São Francisco, Moradores estão reaprendendo o hábito de cultivar alimentos de forma comunitária e dentro da cidade.

APA Cairuçu, quando a proteção gera atentados à bomba, por Daniele Bragança

((o))eco foi a Paraty para tentar entender as razões da violência nessa Unidade de Conservação que é também um badalado destino de veraneio.

Expansão de plantações de palma cria novo conflito ambiental, por Barbara Fraser

Só no nordeste do Pará expectativa é de que produção mais do que dobre em 7 anos. Quantidade de veneno utilizada em novos plantios é alta.

Soldadinho do Araripe se transforma em ícone regional, por Celso Calheiros

Criticamente ameaçada, a espécie ganhou um programa de conservação, se tornou um símbolo do semiárido e está chamando atenção no exterior.

 

Deixe um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.