Notícias

Serviço Florestal dos Estados Unidos terá banco de dados sobre líquens

A ferramenta reunirá informações de mais de duas décadas de pesquisa que ajudarão cientistas a monitorar a poluição do ar nas florestas americanas

Sabrina Rodrigues ·
22 de maio de 2017 · 4 anos atrás
Encontrados muitas vezes nos troncos das árvores, os liquens só sobrevivem em locais menos poluídos. Foto: Wikipedia.
Encontrados muitas vezes nos troncos das árvores, os liquens só sobrevivem em locais menos poluídos. Foto: Wikipedia.

O Serviço Florestal dos Estados Unidos está prestes a lançar um enorme banco de dados reunirá documentos sobre a abundância e a diversidade de líquens em todo o país. Os cientistas poderão usar o banco de dados para estudar a biodiversidade do líquen e, a partir disso, analisar a qualidade do ar, a poluição e a saúde das florestas. A nova base de dados também será gratuita e disponível ao público.

Os líquens são seres complexos que constituem uma espécie de simbiose de fungos, algas ou cianobactérias. Encontrados muitas vezes nos troncos das árvores, os liquens só sobrevivem em locais menos poluídos, porque são muito sensíveis. Seus tecidos absorvem a poluição do ar como uma esponja, por isso, são indicadores de qualidade do ar e alterações climáticas.

As equipes de campo do Serviço Florestal pesquisaram a diversidade e a abundância do líquen em mais de 6.000 locais entre 1989 e 2012. Nos Estados Unidos e no Canadá há mais de 5000 espécies conhecidas de líquens. Os pesquisadores entendem que esses dados são extremamente úteis para evitar danos ambientais futuros, uma vez que observada uma mudança no estado dos líquens, será possível detectar a poluição e assim tomar medidas de prevenção a danos de outras espécies mais sensíveis.

O banco de dados está em processo de finalização e quando estiver pronto ficará disponível no site do Serviço Florestal dos Estados Unidos. Há também um projeto para a produção de um Atlas que mostrará cerca de 500 espécies diferentes de líquens, que em breve estará disponível no Treesearch, uma plataforma do site para pesquisa de publicações do site do Serviço Florestal. Cópias impressas serão disponíveis mediante solicitação.

 

Leia Também

Termômetro vegetal

Como manter floresta em pé salva vidas

 

  • Sabrina Rodrigues

    Repórter especializada na cobertura diária de política ambiental. Escreveu para o site ((o)) eco de 2015 a 2020.

Leia também

Colunas
28 de setembro de 2015

Como manter floresta em pé salva vidas

A poluição atmosférica causada pela queima de florestas aumenta mortes prematuras

Reportagens
23 de novembro de 2005

Termômetro vegetal

Durante “aula ao ar livre” no parque Ibirapuera, professor Paulo Saldiva mostrou como as plantas reagem à poluição do ar. A medição é simples e eficaz

Salada Verde
23 de julho de 2021

Registro raro mostra uma mamãe onça com seu filhote na Serra do Mar

A cena foi flagrada por um armadilha fotográfica instalada pela equipe do Programa Grandes Mamíferos da Serra do Mar, que monitora a presença de animais como a onça-pintada e a anta na região

Mais de ((o))eco

Deixe uma resposta