Pecuarista que acusou ICMBio de promover “dia do fogo” tem multa por queimada

Pecuarista que acusou ICMBio de promover “dia do fogo” tem multa por queimada

Daniele Bragança 
domingo, 25 agosto 2019 23:01

Na manhã deste domingo, o Globo Rural publicou uma reportagem sobre o “dia do fogo”, manifestação convocada pelo WhatsApp que promoveu queimadas na região da BR 163, entre Novo Progresso e Altamira, em 10 de agosto. Na reportagem, uma pecuarista acusa servidores do Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade (ICMBio) de incendiar a floresta. O texto foi compartilhado pelo ministro do Meio Ambiente, Ricardo Salles. A pecuarista Nair Brizola, de Cachoeira da Serra, que aparece na reportagem acusando o ICMBio, recebeu uma multa lavrada há 10 dias por, supostamente, “destruir 70,93 hectares de floresta do bioma amazônico mediante uso do fogo” dentro da Reserva Biológica da Serra do Cachimbo, umas das unidades de conservação mais desmatadas do Pará.

Além da multa avaliada em 1 milhão por desmatamento e queimada ilegal e embargo da área, Nair Brizola – que já foi candidata a vereadora pelo PSDB em Guarantã do Norte (MT) –, teve uma motosserra apreendida avaliada em 1 mil reais. A ação de fiscalização que resultou na multa e embargo da fazenda da pecuarista contou com o apoio da Força Nacional.

Imagem de satélite mostra supressão de vegetação nativa, fato comprovado em campo. Imagem: Reprodução.

Segunda a reportagem da revista Globo Rural, um grupo de cerca de 70 pessoas se articulou via WhatsApp para promover queimadas no Pará. Essas pessoas seriam “sindicalistas, produtores rurais, comerciantes e grileiros” e queriam “mostrar ao presidente Jair Bolsonaro que apoiam suas ideias de “afrouxar” a fiscalização do Ibama”. Mas a parte da matéria que ganhou voz entre os grupos bolsonaristas foi a acusação da pecuarista Nair Brizola de que os responsáveis pelas queimadas são, na verdade, servidores da área ambiental.

Esse pequeno trecho da matéria tomou conta das redes sociais e foi mencionado, inclusive, pelo segundo escalão do ICMBio. Marcos Aurélio Venancio, diretor de Pesquisa, Avaliação e Monitoramento da Biodiversidade da autarquia, informou, em vídeo, que o órgão vai instaurar uma investigação para apurar se pessoas ligadas ao ICMBio incentivaram a prática. “Repudiamos qualquer agressão ao meio ambiente e vamos ser rígidos na apuração desses fatos”, disse. O vídeo foi compartilhado no Instagram do presidente do ICMBio, Homero Cerqueira.  

O filho mais velho do presidente, o senador Flavio Bolsonaro (PSL-RJ), também afirmou, no Twitter, que há um possível boicote ao governo. “Caso se confirme essa aberração, ficará evidente que o boicote ao governo existe e vem de pessoas infiltradas nos próprios órgãos oficiais”, afirmou, no Twitter, citando Ricardo Salles.

Polícia Federal também investigará queimadas

Após a publicação da reportagem do Globo Rural, o presidente Jair Bolsonaro determinou à Polícia Federal a abertura de uma investigação sobre “a possível existência de ação premeditada de criminosos nos incêndios e queimadas na área da Floresta Nacional de Altamira”, escreveu o presidente, em despacho.

Reprodução: Twitter.

Segundo o Ministério Público Federal, que investiga os responsáveis pelo “dia do fogo”, só em Novo Progresso houve 124 registros de focos de incêndio no dia 10 de agosto. No dia 11 esse número subiu para 203 focos. Em Altamira, os satélites detectaram 194 focos de queimada em 10 de agosto e 237 no dia seguinte. Ao todo, até hoje, foram detectados 8.125 focos de queimadas no estado do Pará em agosto, segundo dados do Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (INPE). 

 

Leia Também 

Pesquisadores descrevem fenômeno que escureceu SP e sua relação com as queimadas na Amazônia

Vídeo: O que é manejo integrado de fogo? por Christian Berlinck

Presidente do ICMBio quer empregar PMs aposentados nas chefias de Unidades de Conservação

 

 

23 comentários em “Pecuarista que acusou ICMBio de promover “dia do fogo” tem multa por queimada”

  1. O presidente, $alle$ e Chicago Guedes Boy pregam que nada que existe está certo (p.ex.Ibama, ICMBio,…)e atiçam a criminalidade explícita. Ou caem fora ou consertam rapidinho e melhoram. Como querem dar respeito e confiança no executivo ? Bufões.

  2. Terrível o cenário. A mobilização ideológica da questão ambiental e a organização da "resistência" militante conseguiu que a desconfiança seja absoluta. Não é possível acreditar na fazendeira, no funcionário ICMBio, no INPE, nas ONGs, na imprensa… e mesmo assim o investimento no assassinato de reputações interna e externamente é continuo e sem tréguas.
    Devemos comemorar a vitoria brasileira contra a campanha de desmoralização do governo e do pais com o recuo da União Europeia ante a posição firme do Brasil e os apoios internacionais que recebeu. Ambientalistas devem refletir sobre a figura pública que estão construindo junto ao distinto público, pmente em período pré-eleitoral, quando as bases das eleiçoes majoritárias de 2022 serão consolidadas.

  3. Dia da cadeia pra esses assassinos !!! 💩💩💩💩💩👹👹👹👹se esse país a impunidade não existisse já estariam presos !!!!😡😡

  4. Agora correm lá a apagar o fogo, esquerdistas miseráveis! Eu já desconfiava das ONGs infiltradas pela petralhada com intenção de desestabilizar o nosso País. Todos à cadeia que é o seu lugar natural!

    • Fico me perguntando se bolsominion sabe ler… Sério! Mais claro do que a linguagem aplicada na reportagem é impossível. Agora se só entendem o som do berrante, paciência.
      Vamos aos fatos: foi a bolsonarista que desmatou mais de 70 hectares de floresta e foi pega com uma motosserra e a mobilização que ela cita e quis fzr parecer ser dos funcionários do ICMbio, era de apoio ao debilóide do presidente. Entendeu agr?

      • A investigação dirá. 97% das multas não resultam em nada pela má qualidade da fiscalização, difícil falar me fatos assim. Então vamos falar de fatos. Os fatos é que houve um crescimento de 300% de focos de incêndio em Altamira de um dia para outro. O MP avisara de um grupo que estaria planejando algo assim ao MMA, que por sua vez avisou aos órgãos policiais, competentes para lidar com crimes. Ademais, não faz nenhum sentido. A política de governo foi de estrita legalidade, como deve ser, e não houve nenhuma redução dos quadros ou afrouxamento de fiscalização, nem mudança de política. Não há nada de Bolsonaro que incendiários pudessem apoiar, e sim tudo para prejudicá-lo, o que há é uma caricatura que os que sofrem da Transtorno de Perversidade Anti-Bolsonaro fazem. Um grupo de ignorantões bolsonaristas que tentam ajudar o presidente reforçando a retórica da oposição e dos eco-xiitas? Ora, conte essa história para as bestas que querem ouvir. Ainda, esse grupo foi definido como grileiros, produtores e sindicalistas. Apenas um idiota acreditaria na união desses três grupos para qualquer coisa. Essa motivação estapafúrdia foi atribuída pela Folha do Progresso, um jornaleco local, sem nenhum lastro.

    • Caro Anta a reportagem que você está vendo a multa aplicada de 1 milhão de reais é sobre uma.pecuarista criadora de gado que promove o "dia do fogo" sua anta para incriminar ONGs e ICMBio, parem com esse mínimo de esquerda oi direita, você não deve nem saber a definição disso. Aí Anta Carlos N G Correia logo o incêndio criminoso seu bosta é por parte do seu governo ateando fogo, destruindo seus próprios para culpar OnGs e Ibama oi você não sabe lê? A não sabe vocês são tudo ignorantes.

    • Que ong? icmbio é um orgão público, subordinado ao bolsonaro, a mulher é uma política e ruralista condenada por desmatamento e por queimada em área pública, querendo jogar a culpa em ongs por causa da fala irresponsável do bolsonaro, que acertou no próprio governo… tiro no pé como sempre…

  5. Dificuldade para poder fiscalizar, autuar e, principal, cobrar as multas. Alguém tem essa estatística minuciosa a respeito? Foi publicada oficialmente e com lisura?

    • Isso está sendo divulgado pela mídia. Daqui pra frente vai ser mais difícil mesmo, pois o governo atual tem medo de mostrar os dados oficiais e impôs a "lei da mordaça". Os servidores do IBAMA e ICMBio não podem divulgar mais nada! Para que esconder informações???? Porque será que querem esconder o que está acontecendo? Porque tá tudo ok????
      Vale o ditado: "Quem não deve, não teme".

      • querem evitar a divulgação justamente pra fazer de conta que tá tudo ótimo…
        se não publica quanto desmatamento, queimada houve, não teve desmatamento..
        logo logo não vão divulgar os homicídios, e dizer que a criminalidade acabou…
        depois era o peteco quem forjava dados pra dizer que acabou com a pobreza e a fome…

      • Onde não podem divulgar mais nada? O DETER foi tirado do ar? O que você está dizendo é mentira, total fake news. Segue fazendo o seu trabalho, O que não dá é orgão que depende dos dados para fazer a fiscalização e alimentar seus os conselhos técnicos acabar conhecendo essas informações pela mídia. O problema é justamente essa gente fazer sensacionalismo, e se der tempo, fiscalizar e retornar a grana preta que tiram em salários. Assim, vamos fechar a boquita para falar mentiras.

      • É, pessoal! Só não vê, quem não quer. Existe um claro movimento de grande parte da imprensa para manipular a opinião pública. Informações ingênuas e débeis, através de dados estatísticos incompletos e mal esclarecidos. Explico: por exemplo, ao longo dos governos anteriores houve ondas de queimadas bem mais sérias e maiores do que esta. Ninguém deu tanto destaque como agora.
        Agora, tem muito mais importância porque se trata exclusivamente de ideologia. Fala sério, pessoal! Vamos parar de brincadeiras de crianças com coisa séria. Concluo: SÓ NÃO VÊ, QUEM NÃO QUER!!!!!!!

  6. O MPF avisou previamente o que ia acontecer, e o que este governo fez? Ignorou!
    O governo incentiva criminosos ambientais, desautoriza fiscais e operações de combate a irregularidades… E agora vem com uma historinha "pra boi dormir" que vai combater?
    Com ministro divulgando por aí estes absurdos de o próprio ICMBio e ONGs ateando fogo à floresta!!! Tão absurdo que chega a ser difícil acreditar que algum imbecil tenha proferido tal coisa!!! Acham que enganam alguém, fora o próprio gado? E só o gado mesmo, porque muita gente que votou no atual residente, mas que tem no mínimo 2 neurônios, já percebeu o que faz este governo.
    Agora se o ICMBio e IBAMA vão aos locais do fogo constatar, além de não poderem mais divulgar o que está acontecendo, ainda correm o risco de alguém fotografar os carros lá e serem acusados de ter ateado fogo por terem estado no local, mesmo que acudindo, tentando tomar alguma providência!
    Fim dos tempos!!!

    • O Próprio Bolsonaro cancelou uma multa aplicada a ele por pesca ilegal, e como presidente exonerou o servidor por ter realizado seu trabalho.
      "Após ser exonerado do cargo, o servidor que multou o presidente Jair Bolsonaro por pesca irregular em área protegida disse que foi punido por ter realizado seu trabalho. José Olímpio Augusto Morelli aplicou a infração a Bolsonaro em Angra dos Reis, em 2012, quando o presidente era deputado federal pelo Rio de Janeiro.

      "Fui punido por ter feito minha obrigação", disse Morelli à Revista Piauí, após a edição de quinta-feira (28/3) do Diário Oficial da União (DUO) trazer sua exoneração do Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis (Ibama), onde era chefe do Centro de Operações Aéreas.

      Correio Braziliense!

  7. A pena para estes crimes contra a Amazônia deveria ser prisão perpétua ou trabalhos forçados no deserto. Com tanta brandura das leis cíveis e ambiental fica a ideia de impunidade e que continuar a prática do crime compensa…

  8. Os inimigos do Brasil, querem ver o circo pegar fogo, ou melhor: a floresta pegar fogo. Por isso não fazem nada para ajudar porque nunca pagam a conta. Quem realmente paga a conta são os menos favorecidos, nos casos de crises, é ou não é??? Então, as sugestões de barreiras econômicas feitas por parte da imprensa, é uma clara intensão de manipular os indecisos, ou mesmo os "maria vai com as outras", ou ainda "barcos à vela sem leme"…e por aí vai…ah, ainda temos os inconformados com os resultados das eleições, já ia me esquecendo…

Deixe um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.