Notícias

Golfinho achado morto em Santos: mais uma vítima da pesca e poluição

Somente em janeiro deste ano, foram recolhidos 24 animais marinhos vivos e 78 mortos das praias da Baixada Santista.

Fábio Pellegrini ·
1 de fevereiro de 2016 · 5 anos atrás
Este foi o sétimo golfinho encontrado morto nas praias da região pelo Instituto Gremar em 2016. Foto: Instituto Gremar
Este foi o sétimo golfinho encontrado morto nas praias da região pelo Instituto Gremar em 2016. Foto: Instituto Gremar

Um golfinho da espécie Sotalia guianensis foi encontrado morto no sábado (30) na faixa de areia próxima ao Emissário Marinho de Santos (SP). O Instituto Gremar,  que trabalha com resgate de aves, tartarugas e mamíferos marinhos na região da Baixada Santista, foi contatado para dispor do animal.

Rosane Farah, bióloga responsável do Instituto Gremar, explica que ao longo dos anos são encontrados animais mortos ou feridos nas praias da região. “As principais ameaças aos animais marinhos são as capturas acidentais em redes de pesca e a poluição. Há muito lixo nas praias. Falta conscientização. Se cada um recolher seu lixo e fizer a destinação adequada, com certeza nossos oceanos estarão mais protegidos e consequentemente os animais marinhos também, além de podermos usufruir de praias mais limpas e agradáveis”.

Lixo encontrado nos estômagos de tartarugas surpreende. Foto: Instituto Gremar
Lixo encontrado nos estômagos de tartarugas surpreende. Foto: Instituto Gremar

Apesar da pesca de golfinhos e suas variedades ser proibida no Brasil desde 1963, muitos animais se enroscam e se ferem nas redes armadas para captura de peixes. Também é comum animais marinhos ingerirem plásticos duros e moles que flutuam nas águas e morrerem por isso.

Segundo a bióloga, o Instituto recolheu das praias, somente este ano, 24 animais vivos (22 aves e duas tartarugas) e 78 animais mortos (19 aves, 52 tartarugas e 7 golfinhos).

 

Leia também

População marinha reduzida pela metade nos últimos 40 anos

Espécies marinhas gaúchas ameaçadas voltam a ser protegidas

Rio Grande do Sul suspende proteção aos peixes marinhos

 

 

 

Leia também

Notícias
6 de abril de 2015

Rio Grande do Sul suspende proteção aos peixes marinhos

Por decreto, estado retira proteção e peixes marinhos voltam a ser pescados. Medida foi feita para defender empresários multados pelo Ibama.

Notícias
1 de outubro de 2015

Espécies marinhas gaúchas ameaçadas voltam a ser protegidas

Decreto que suspendia a Lista Vermelha é revogado pela Justiça Federal. Conservação deve ser responsabilidade conjunta de Estado e União.

Notícias
18 de setembro de 2015

População marinha reduzida pela metade nos últimos 40 anos

Relatório da Rede WWF aponta que diversas espécies marinhas, incluindo peixes cruciais para a segurança alimentar humana, estão em declínio.

Mais de ((o))eco

Deixe uma resposta