Boeing que caiu na Etiópia levava participantes da IV Assembleia da ONU para o Meio Ambiente

Daniele Bragança
domingo, 10 março 2019 23:39
Boeing 737-8 Max, modelo que caiu na Etiópia. Foto: Gusti Fikri Izzudin Noor/Flickr.

O Boeing da Ethiopian Airlines que caiu na manhã deste domingo (10) entre a Etiópia e o Quênia levava 157 pessoas, 19 delas membros das Nações Unidas. Não há sobreviventes. Entre os mortos estão pessoas que participariam da IV Assembleia Geral das Nações Unidas para o Meio Ambiente, que começa nesta segunda-feira (11), em Nairóbi, Quênia.

A queda ocorreu a 62 quilômetros da capital etíope, Adis Abeba, alguns minutos após a decolagem. Ainda não se sabe o motivo da queda do avião. É a segunda vez em menos de seis meses que um Boeing 737 Max cai, matando todos os passageiros. Em outubro, na Indonésia, um avião com o mesmo modelo caiu. Cento e oitenta e nove pessoas morreram na queda.

Ainda não se sabe quantas pessoas que estavam no avião participariam da reunião do Programa das Nações Unidas para o Meio Ambiente, marcada para 11 e 15 de março, embora já se saiba da presença, no voo, de intérpretes independentes e de funcionários da ONU Meio Ambiente.

Além do PNUMA, a ONU informou a morte de funcionários do Gabinete do Alto Comissário para os Refugiados (Acnur), e da União Internacional de Telecomunicações (UIT). O Banco Mundial também perdeu funcionários.

“As Nações Unidas estão em contato com as autoridades etíopes e trabalham em estreita colaboração com elas para estabelecer os detalhes do pessoal da ONU que perdeu suas vidas na tragédia”, afirmou o secretário-geral da ONU, Antonio Guterres, em comunicado.

A Assembleia das Nações Unidas para o Meio Ambiente reunirá mais de 4.700 chefes de estado, ministros do Meio Ambiente, empresários, representantes da sociedade civil e altos funcionários das Nações Unidas para discutir e firmar compromissos globais para a proteção ambiental. Este ano, a discussão será em torno de soluções inovadoras para a produção e o consumo sustentáveis.

O ministro do Meio Ambiente do Brasil, Ricardo Salles, participará do evento.

 

Leia Também 

Aos 96 anos, morre o ambientalista Paulo Nogueira-Neto

Assembleia Geral da ONU fortalece PNUMA

Como as guerras afetam o meio ambiente, segundo a ONU Meio Ambiente

 

 

Deixe um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.