Notícias

Ministério Público sai em defesa da fauna marinha gaúcha

Promotores entraram na Justiça para caçar o decreto do governador Sartori, que extinguiu a proteção aos peixes marinhos no Rio Grande do Sul.

Redação ((o))eco ·
22 de abril de 2015 · 6 anos atrás

Foto:
Foto:

Os Ministérios Públicos Estadual e Federal entraram na briga em prol da Lista Vermelha de Espécies Ameaçadas do Rio Grande do Sul. Há 20 dias, o governador do estado decretou a suspensão do anexo I da lista e assim retirou a proteção de 33 espécies de peixes marinhos. Espécies como tubarão-azul, garoupa, bagre e dourado voltaram a ser pescadas e comercializadas. Agora, os MPs lutam na Justiça para derrubar o decreto.

O decreto do governo gaúcho seguiu um parecer da Advocacia Geral da União, que determinava que a competência para definir regras e medidas de ordenamento pesqueiro e uso sustentável desses recursos cabia aos Ministérios do Meio Ambiente e da Pesca e Aquicultura, conforme Lei Federal nº 10.683. Como foi uma lista estadual que proibiu a pesca das espécies ameaçadas, o governo gaúcho entendeu que a normativa ultrapassava a competência do estado e suspendeu preventivamente a proteção.

Contrários a este entendimento, os promotores moveram uma Ação Civil Pública pedindo a anulação do decreto do governador Sartori que, segundo eles, colocou em risco de extinção 33 espécies de peixes marinhos no estado.

“Na dúvida sobre a correta interpretação do artigo 24 da Constituição Federal de 1988 e do artigo 8º da Lei Complementar 140/2011, o governador do estado optou por arrasar a Lista Vermelha do Rio Grande do Sul e, sem qualquer discussão pública e amparo científico, excluiu todas as espécies da ictiofauna marinha da aludida lista, ao invés de se posicionar pela proteção do meio ambiente e da biodiversidade estadual”, reforça a ação.

 

 

Leia Também
Rio Grande do Sul suspende proteção aos peixes marinhos
Governo revisará proibição da pesca de espécies ameaçadas
Ministério da (Sobre)Pesca e do Sumiço das Estatísticas
Ruralistas estão de olho na lista de animais em extinção

 

 

 

Leia também

Salada Verde
5 de março de 2015

Ruralistas estão de olho na lista de animais em extinção

Bancada questiona a lista vermelha publicada pelo Ministério do Meio Ambiente com mais de 2 mil espécies de animais e plantas ameaçados.

Colunas
31 de março de 2015

Ministério da (Sobre)Pesca e do Sumiço das Estatísticas

Cartório de interesses que dominam a pesca industrial no Brasil, ministério comeu os números que mostram o massacre dos peixes.

Salada Verde
27 de setembro de 2021

NDC brasileira é pauta principal na 3 edição Conferência Brasileira de Mudança do Clima

Com transmissão online e gratuita, evento proporciona cinco dias de debates, com a presença de governadores, lideranças indígenas, jovens ativistas e organizações da sociedade civil

Mais de ((o))eco

Deixe uma resposta