Notícias

Acontece nos Parques: Peixes à vista!

Mais de duzentas espécies de peixes catalogadas no Espírito Santo, tartarugas resgatadas em Roraima e Brotas é o destino da aventura. Muito acontece nos parques.

Redação ((o))eco ·
12 de março de 2015 · 6 anos atrás

[i]Cephalopholis furcifer[/i]. Crédito:
[i]Cephalopholis furcifer[/i]. Crédito:

Após quase 20 anos de pesquisas na cadeia de montanhas submarinas Vitória-Trindade, cientistas brasileiros completam levantamento de peixes. Foram registrados números impressionantes: 211 espécies de peixes no topo das 10 principais montanhas submarinas e outras 173 espécies no entorno das ilhas. Das 384 espécies catalogadas, 191 são registros inéditos para a região. O resultado e conclusões desse enorme esforço foi um estudo publicado na semana passada no site da revista científica PLoS ONE. Os pesquisadores propuseram a criação de uma Reserva da Biosfera Marinha na Cadeia Vitória-Trindade junto à UNESCO e, ao Ministério do Meio Ambiente, a criação de unidades de conservação. A área é ameaçada pela mineração e pela pesca excessiva nos montes submarinos e nas ilhas, o que põe em risco de extinção várias espécies de peixes.

 

Fonte: Conservação International – Brasil

 

E também

 

 

Leia também

Notícias
30 de julho de 2021

Divulgação da Lista de Aves do CBRO acende debate sobre ausência de mulheres no comitê

Duas mulheres farão parte da composição de transição do CBRO. Presença de mulheres na ornitologia será assunto no congresso brasileiro, que começa em 1º de agosto

Notícias
30 de julho de 2021

Pesquisa amplia área de ocorrência de botos na Amazônia com novos registros no Amapá

Com ajuda do conhecimento de comunidades tradicionais, estudo mapeia de forma pioneira a existência de populações de três espécies de botos amazônicos no estado

Salada Verde
30 de julho de 2021

Troca-troca de militares no comando da Diretoria de Proteção Ambiental do Ibama

O nomeado, Samuel Vieira de Souza, é coronel da reserva do Exército e foi assessor de gabinete do ex-ministro, Ricardo Salles, desde o começo da sua gestão

Mais de ((o))eco

Deixe uma resposta