Notícias

O Jalapão visto do espaço

O Parque Estadual do Jalapão é um dos poucos locais ainda bem protegidos em todo o Cerrado. Veja como as estações do ano mudam sua paisagem.

Paulo André Vieira ·
2 de março de 2015 · 6 anos atrás

Localizado no município de Mateiros (TO), o Parque Estadual do Jalapão é um dos poucos locais ainda bem protegidos em todo o Cerrado, com potencial para permitir a preservação de espécies de fauna e flora que encontram-se sob intensa pressão em outros locais do país. O Jalapão é hoje um dos principais roteiros de ecoturismo e o turismo de aventura no Brasil, com deslumbrantes paisagens, chapadões, dunas e cachoeiras.

A mais famosa cachoeira do Jalapão é a Cachoeira da Velha, localizada no Rio Novo. Com aproximadamente 15m de desnível a cachoeira impressiona pelo volume de água e pelo formato em ferradura dupla que ocupa toda a largura do rio com aproximadamente 100 metros de uma margem a outra. Algumas das atrações do parque, como a Prainha da Cachoeira da Velha, tem seu período de visitação vinculado ao regime de chuvas, pois o nível mais baixo das águas possibilita o surgimento de praias fluviais.

Nas imagens abaixo, feitas pelos satélites do projeto Landsat, é possível ver como as estações do ano mudam a paisagem no Parque Estadual do Jalapão. Mais de 90% das chuvas ocorrem entre os meses de outubro a abril. Assim, no começo de janeiro o verde toma conta da região. A medida que o ano avança e as chuvas começam a ficar mais raras os tons de marrom vão se mostrando mais predominantes. Porém, mesmo no auge do período seco (agosto-setembro) as vazões fluviais continuam elevadas, como é possível ver nos rastros verdes que acompanham os leitos dos rios.

 

 

Leia também
“Jurassic park” do Jalapão terá rinocerontes e leões
Jalapão, o Cerrado ainda está aqui
Conheça o deserto e os oásis do Jalapão

 

  • Paulo André Vieira

    Produtor Editorial formado pela UFRJ, atua em ((o))eco desde 2007 escrevendo sobre geojornalismo e cuidando da edição e gestão do site.

Leia também

Salada Verde
23 de julho de 2021

Registro raro mostra uma mamãe onça com seu filhote na Serra do Mar

A cena foi flagrada por um armadilha fotográfica instalada pela equipe do Programa Grandes Mamíferos da Serra do Mar, que monitora a presença de animais como a onça-pintada e a anta na região

Análises
23 de julho de 2021

Termo ‘savanização’ precisa ser revisto nos discursos sobre degradação florestal

Associar a savana à ideia equivocada de que esta seria uma vegetação degradada e pobre favorece o discurso de que não há nada a ser conservado

Notícias
22 de julho de 2021

Ibama fecha acordo com agência japonesa para monitoramento via satélite da Amazônia

Acordo de cooperação foi assinado nesta quinta-feira e terá duração de 5 anos. Expectativa do Ibama é aumentar precisão da detecção de desmatamento na Amazônia

Mais de ((o))eco

Deixe uma resposta