Notícias

Os gigantescos perigos para a tartaruga-de-couro

Uma espécie única de tartaruga encontra nas redes de pesca e na intensa captura de seus ovos, enormes ameaças à sua existência.

Redação ((o))eco ·
5 de dezembro de 2014 · 7 anos atrás

Um filhote de tartaruga-de-couro ([i]Dermochelys coriacea[/i]). Foto:
Um filhote de tartaruga-de-couro ([i]Dermochelys coriacea[/i]). Foto:

A tartaruga-de-couro (Dermochelys coriacea) é a maior de todas as tartarugas marinhas, com tamanho médio em torno de 2m de comprimento e 700 kg de peso. Espécie única do gênero Dermochelys, seu casco tem aparência e textura semelhantes ao couro, em vez da dura carapaça óssea das demais tartarugas. Ela é encontrada em todo o planeta, com sete subpopulações espalhadas pelos oceanos Índico, Pacífico e Atlântico. Apesar de extensa distribuição, o número de tartarugas de couro foi reduzido drasticamente no século passado em razão da intensa coleta de ovos para comércio e subsistência (principalmente no Sudeste Asiático) e a captura incidental na pessca. De acordo com a IUCN, em uma escala global, a tartaruga-de-couro está listado como Vulnerável à extinção, mas muitas subpopulações (como as que habitam o Pacífico e o Atlântico Sudeste) estão Criticamente em Perigo.

 

 

Leia Também
Atum-rabilho: caiu na rede, está em extinção
Deixe o panda-vermelho em paz
Os preciosos golfinhos-de-hector

 

 

 

 

Leia também

Salada Verde
28 de julho de 2021

Governador do Mato Grosso pede a Bolsonaro que “estadualize” Chapada dos Guimarães

Durante reunião com o presidente, o governador Mauro Mendes pediu a estadualização do Parque Nacional da Chapada dos Guimarães para que estado possa "fomentar o turismo"

Colunas
28 de julho de 2021

Dimensões Humanas como parte do processo de decolonização nas ciências ambientais

Este mês abordamos as dimensões humanas envolvidas no processo de decolonização, ou seja, no processo de ‘quebrar’ a práxis enraizada por processos colonizadores onde a cosmovisão e práticas de um certo grupo são impostas a outro

Salada Verde
28 de julho de 2021

Prefeitura do Rio de Janeiro nomeia subsecretário que irá liderar transição verde

Ruan Lira assume nesta quarta-feira (28) a chefia da subsecretaria de Transição Verde, criada para coordenar metas climáticas assumidas pelo município

Mais de ((o))eco

Deixe uma resposta