Notícias

Deixe o panda-vermelho em paz

Apesar de protegido em todos os países nos quais vive, este simpático mamífero ainda sofre com a caça ilegal e a destruição do seu habitat.

Redação ((o))eco ·
14 de novembro de 2014 · 7 anos atrás

Panda-vermelho ([i]Ailurus fulgens[/i])fotografado no zoológico Drusillas Park, Inglaterra. Foto:
Panda-vermelho ([i]Ailurus fulgens[/i])fotografado no zoológico Drusillas Park, Inglaterra. Foto:

O panda-vermelho (Ailurus fulgens) é um pequeno mamífero arborícola nativo das regiões montanhosas do Himalaia, principalmente naregião leste, e do sul da China. Herbívoro, seu nome vem da palavra Nepali “ponya”, que significa tanto “animal comedor de planta” quanto “bambu”. A perda das florestas temperadas de altitude e a bambuzais é responsável pelo declínio das populações de pandas-vermelhos na maior parte de sua área de ocorrência. Esta destruição do habitat pela expansão humana, da agricultura, da pecuária e do extrativismo de recursos naturais é a maior ameaça à espécie. A caça ilegal também é outra importante ameaça: na China e em Myanmar, são caçados por sua pelugem distinta. O panda-vermelho está em perigo de extinção, classificado pela Lista Vermelha como um todo ‘Vulnerável‘.

 

 

Leia Também
Os preciosos golfinhos-de-hector
O leopardo-das-neves está numa fria
Rinoceronte-negro: o tempo está se esgotando

 

 

 

Leia também

Notícias
29 de julho de 2021

Treze peixes-bois resgatados e reabilitados são devolvidos aos rios da Amazônia

Programada para ocorrer em 2020, a soltura teve atraso por causa da pandemia da Covid-19. É o maior número de devolvidos na natureza feito pelo Projeto Mamíferos Aquáticos da Amazônia

Salada Verde
28 de julho de 2021

Governador do Mato Grosso pede a Bolsonaro que “estadualize” Chapada dos Guimarães

Durante reunião com o presidente, o governador Mauro Mendes pediu a estadualização do Parque Nacional da Chapada dos Guimarães para que estado possa "fomentar o turismo"

Colunas
28 de julho de 2021

Dimensões Humanas como parte do processo de decolonização nas ciências ambientais

Este mês abordamos as dimensões humanas envolvidas no processo de decolonização, ou seja, no processo de ‘quebrar’ a práxis enraizada por processos colonizadores onde a cosmovisão e práticas de um certo grupo são impostas a outro

Mais de ((o))eco

Deixe uma resposta