Notícias

A inocência do leão-marinho-das-Galápagos

A natureza curiosa e social da espécie os leva de encontro a ameaças que mais se interessam por sua gordura e couro, e põe em risco sua sobrevivência.

Redação ((o))eco ·
19 de setembro de 2014 · 7 anos atrás

Leão-marinho-das-Galápagos ([i]Zalophus wollebaeki[/i]). Foto:
Leão-marinho-das-Galápagos ([i]Zalophus wollebaeki[/i]). Foto:

O leão-marinho-das-Galápagos (Zalophus wollebaeki) é uma espécie de leão-marinho que se reproduz exclusivamente nas Ilhas Galápagos, no Equador. A espécie é particularmente vulnerável ​​às atividades humanas, em razão da sua natureza curiosa e social: é comum que se aproximem de áreas habitadas por seres humanos, e, assim, entrar em contato com dejetos humanos e animais domésticos que lhes transmitem doenças; ou que fiquem presos em redes de pesca e anzóis de pescadores. Com a proibição da caça por seu couro e gordura – ameaça responsável por uma drástica redução de seus números -, as mudanças climáticas sobre as correntes oceânicas representam outro grande risco já que afetam a abundância dos peixes de que se alimentam. Apesar de protegidos, a pequena população remanescente é considerada pela Lista Vermelha da IUCN como Em Perigo.

 

 

Leia Também
Rabo-de-palha-de-bico-laranja: escondido na ilha
Macaco-prego-de-crista: vítima da Mata Atlântica
Onça-pintada: uma nova esperança

 

 

 

Leia também

Notícias
16 de junho de 2021

((o))eco é parceiro do Vozes da Floresta, projeto de bolsa-reportagem destinado a jovens comunicadores indígenas

Iniciativa vai selecionar quatro bolsistas que queiram desenvolver reportagens pautadas nos debates promovidos pela COP26

Salada Verde
16 de junho de 2021

Governo cria grupo interministerial para discutir lista vermelha de espécies de peixes

Ministérios do Meio Ambiente e da Agricultura vão avaliar e recomendar ações de conservação e uso sustentável para espécies de peixes ameaçados. Composição do colegiado será definido por Salles

Salada Verde
16 de junho de 2021

Vídeo captura onça-parda prenhe em reserva privada

Suçuarana foi flagrada no Parque das Neblinas, entre Mogi das Cruzes e Bertioga. Unidade de Conservação privada é gerida pelo Instituto Ecofuturo

Mais de ((o))eco

Deixe uma resposta