Notícias

Copa do Mundo das áreas protegidas: Croácia

Na Copa das áreas protegidas a Croácia faz jogo duro com o Brasil. Saiba mais sobre os Parque Nacionais do primeiro adversário da seleção.

Paulo André Vieira ·
11 de junho de 2014 · 7 anos atrás

Na Copa das áreas protegidas a Croácia faz jogo duro com o Brasil. Da Iugoslávia, terceiro lugar na Copa de 1930 e medalhista de ouro nas Olimpíadas de 1960, este país dos Balcãs herdou um dos mais bem organizados complexos de parques em toda a Europa. Hoje são ao todo 444 áreas protegidas, com 10% do território croata protegido por algum dos oito Parques Nacionais do país.

O camisa 10 desse time é o Plitvice Jezera, criado em 1949, e desde 1979 reconhecido como Patrimônio da Humanidade pela UNESCO. Com 29.685 hectares (aproximadamente do tamanho do Parque Nacional do Itatiaia), protege um conjunto de dezesseis lagos e lagunas interligados por magníficas cachoeiras encravadas em profundos canions de calcário, bem como a floresta primária que os circunda. A área do parque é o lar de uma grande variedade de espécies de animais, como o urso pardo (Ursus arctos), o lobo (Canis lupus), o lince (Lynx lynx), a águia-real (Aquila chrysaetos) e o melro-d’água (Cinclus cinclus). São ao todo 1267 espécies de plantas, sendo 75 endêmicas, além de 321 espécies de borboletas, 161 de pássaros, e 21 de morcegos.

Outro parque de destaque é o Paklenika, onde passagens de fauna foram construídas sobre a auto-estrada A1 que liga Zagreb, capital da Croácia, a Dubrovnik. Com largura suficiente para parecerem naturais a animais como o lobo e o urso, espécies em perigo de extinção, os passadiços têm dado resultado e estão sendo utilizados com frequência pela fauna selvagem.

Veja abaixo algumas das figurinhas carimbadas das unidades de conservação da Croácia.

Risnjak. Foto: Wikipédia
Risnjak. Foto: Wikipédia

Se você quiser torcer para o Brasil neste campeonato de áreas protegidas, acesse o WikiParques e conheça mais sobre as unidades de conservação de nosso país. O WikiParques é um site interativo dedicado aos cidadãos que querem compartilhar seus conhecimentos, explorar e debater sobre nossos Parques Nacionais e áreas protegidas. Colabore para proteger.

 

Leia também
Quem parte, reparte e fica com a melhor parte…

 

  • Paulo André Vieira

    Produtor Editorial formado pela UFRJ, atua em ((o))eco desde 2007 escrevendo sobre geojornalismo e cuidando da edição e gestão do site.

Leia também

Salada Verde
13 de setembro de 2021

O apocalipse não veio, mas a multa pela infração ambiental virá

Dupla que foi deixada de helicóptero e acampou sem autorização no cume do Dedo de Deus desde 02/09 finalmente desce com apoio de escalador

Reportagens
13 de setembro de 2021

Movimentos sociais pedem investigações do MPF sobre poluição que a Braskem estaria causando na Baía de Guanabara

Representação protocolada tem imagens de microplásticos captadas em corpos hídricos nas imediações da fabricante e outras denúncias. Inea e empresa negam irregularidades.

Salada Verde
13 de setembro de 2021

Festival de Cinema Ambiental da Serra Catarinense começa nesta terça-feira

Entre os filmes exibidos durante os cinco dias de evento está o documentário produzido por ((o))eco “BR Acima de Tudo”, que também participa de debate sobre cinema ambiental

Mais de ((o))eco

Deixe uma resposta