Notícias

Porto Velho é município com mais embargos ambientais no país

Com 1020 áreas embargadas, capital de Rondônia é o município brasileiro que mais teve problemas ambientais registrados pelo Ibama

Redação ((o))eco ·
1 de maio de 2013 · 8 anos atrás

O município brasileiro com mais áreas embargadas devido a infrações ambientais é Porto Velho, capital de Rondônia. Com 1020 embargos registrados, boa parte deles relacionado a desmatamento e devastação ambiental, o município é o campeão de embargos de todo o país. Em seguida, estão Novo Progresso (PA), com 719 embargos; Brasília (DF), com 642; Altamira (PA), com 539 (município onde está sendo construída a futura hidrelétrica de Belo Monte); e São Félix do Xingu (PA), com 447. As informações são resultado de levantamento inédito feito pelo Data Cidades, plataforma de dados do site ((o))eco, com base nos 42.592 registros de áreas embargadas pelo Ibama (Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis). No quadro abaixo, é possível visualizar todos os municípios com mais de 200 áreas embargadas. Passe o cursor sobre os quadrados para visualizar a quantidade de embargos em cada um dos municípios.

O grande número de áreas embargadas em Rondônia, que além da capital tem mais quatro municípios no quadro, está relacionado ao alto índice de desmatamento no estado. Também é possível observar as infrações ambientais registradas pelo Ibama no Pará, no Mato Grosso e no Amazonas, em áreas em que novas fronteiras agrícolas avançam sobre a Amazônia. No mapa em que pontos vermelhos indicam as áreas embargadas, Rondônia praticamente some (clique aqui ou na imagem para navegar e ver o mapa em detalhes).

Fontes de dados utilizados nesta reportagem:
É possível consultar todas as áreas embargadas por problemas ambientais na página de consultas públicas no site do Ibama. O levantamento feito pelo Data Cidades é baseado em consulta ao sistema em maio de 2013; tabela em formato excel com dados disponíveis na data pode ser acessada aqui.

Leia também

Notícias
24 de setembro de 2021

Grupo de Trabalho finaliza relatório e recomenda manter separados o Ibama e ICMBio

Relatório foi publicado nesta sexta-feira na página oficial do Ministério do Meio Ambiente. No final de julho, o MPF entrou com ação civil pública contra a fusão

Notícias
24 de setembro de 2021

Ameaçado pelo avanço da agricultura, Pampa é o bioma que mais perde vegetação nativa

Levantamento do Mapbiomas mostra que em 36 anos o segundo menor bioma do país perdeu 21,04% de sua cobertura vegetal. Maior parte da perda foi para a produção de soja

Notícias
24 de setembro de 2021

Servidores da Bahia entram com ação contra “Secretária-Diretora” do Meio Ambiente no estado

Associação de servidores ambientais denuncia inconstitucionalidade do acúmulo de cargos de chefia na área ambiental do estado exercido por Márcia Telles há mais de 4 meses

Mais de ((o))eco

Deixe uma resposta