Notícias

Parques nacionais do sudeste do Brasil vistos do espaço

Nossa série sobre os parques nacionais brasileiros chega ao sudeste. Conheça os Parques Nacionais de Itatiaia, Caparaó e Bocaina.

Redação ((o))eco ·
17 de fevereiro de 2013 · 9 anos atrás

Esta semana continuamos com nossa série especial mostrando mapas interativos dos parques nacionais brasileiros. Nossa segunda parada é o sudeste brasileiro, onde está localizado o parque nacional mais antigo do Brasil, o Parque Nacional de Itatiaia, criado em 14 de junho de 1937. No Parque Nacional do Caparaó, localizado na divisa entre os estados do Espírito Santo e Minas Gerais, está o terceiro pico mais alto do país, o Pico da Bandeira, com 2.891,98 metros de altitude. Já o Parque Nacional da Serra da Canastra abriga inúmeras espécies da fauna e da flora do cerrado, como o lobo guará, o tamanduá-bandeira e o veado-campeiro. Faça bom proveito, e, se tiver a oportunidade, visite pessoalmente nossos parques nacionais.

Espírito Santo e Minas Gerais

Parque Nacional do Caparaó (saiba mais)

Minas Gerais

Parque Nacional Cavernas do Peruaçu (saiba mais)

Parque Nacional da Serra da Canastra (saiba mais)

Parque Nacional da Serra do Cipó (saiba mais)

Parque Nacional das Sempre Vivas (saiba mais)

Parque Nacional Grande Sertão Veredas (saiba mais)

Minas Gerais e Rio de Janeiro

Parque Nacional do Itatiaia (saiba mais)

Rio de Janeiro

Parque Nacional da Serra dos Órgãos (saiba mais)

Parque Nacional da Tijuca (saiba mais)

Parque Nacional da Restinga de Jurubatiba (saiba mais)

São Paulo e Rio de Janeiro

Parque Nacional da Serra da Bocaina (saiba mais)

 

Leia também

Notícias
23 de setembro de 2021

Sociedade civil repudia propostas antiambientais da Economia

Planos de Paulo Guedes e setor empresarial para o meio ambiente estão sendo analisados pelo Ibama, que tem até dia 30 de setembro para responder

Reportagens
23 de setembro de 2021

Ilegal, desmate autorizado pelo governo da Bahia é maior que a cidade do Recife

Área compõe latifúndio considerado um dos maiores casos de grilagem do país. Titulação do território tradicional das comunidades geraizeiras do Cerrado é fundamental para conter a devastação

Reportagens
22 de setembro de 2021

Mudança climática deve alterar o funcionamento de comunidades de microrganismos marinhos, aponta estudo

Grupo de pesquisadores de várias partes do mundo concluiu que o plâncton do planeta se organiza em consórcios microbianos, em que uma espécie depende da outra para viver

Mais de ((o))eco

Deixe uma resposta