Notícias

Capivara: mães dedicadas até debaixo d’água

A homenageada da semana é a Capivara, mães dedicadas que transmitem aos filhos tudo o que precisam para se virar bem sozinhos. Foto: Bart van Dorp

Duda Menegassi ·
31 de agosto de 2012 · 9 anos atrás
Na foto desta semana, ((o))eco homenageia a capivara (Hydrochoerus hydrochaeris), o maior roedor do mundo, que pesa até 80 quilos. Seu peso é mantido à base de uma dieta herbívora voraz, com 3 a 4 quilos de vegetação ingeridos ao longo do dia. Vivem nas margens dos rios e regiões pantanosas e inundáveis. Além do Brasil, também é encontrada na Colômbia, Venezuela e Paraguai. É um animal terrestre que faz da água sua segunda casa, onde se reproduz e se refugia dos predadores. Suas excelentes habilidades dentro d’água fazem com que consiga dormir submersa apenas com seu focinho do lado de fora. Sua gestação dura entre 120 e 140 dias e a fêmea amamenta os filhotes nos primeiros 4 meses de vida. Nascem de 2 a 6 filhotes por ninhada. São mães dedicadas e transmitem aos filhos tudo o que precisam para se virar bem sozinhos. Foto: Bart van Dorp

 

 
 

  • Duda Menegassi

    Jornalista ambiental especializada em unidades de conservação e montanhismo. Escreve para ((o))eco desde 2012. Autora do livr...

Leia também

Notícias
27 de julho de 2021

Auditoria do TCU aponta erros do governo federal no combate ao desmatamento na Amazônia

O Ministério do Meio Ambiente terá 120 dias para apresentar um plano de ação com cronograma e medidas que corrijam as falhas apontadas pelo TCU, como a asfixia do Ibama por falta de fiscais

Colunas
27 de julho de 2021

O Brasil precisa aprender a viver no Antropoceno

Se vamos ter que navegar pelo Antropoceno, como espécie e como nação, vamos ter que rever nossa organização interna para conter a degradação

Notícias
27 de julho de 2021

MPF entra com ação civil pública contra fusão do Ibama e ICMBio

Procuradores pedem que Ministério do Meio Ambiente e autarquias escutem a sociedade civil e consulte povos afetados antes de qualquer decisão administrativa sobre o fim do ICMBio

Mais de ((o))eco

Deixe uma resposta