Canários-peruanos apreendidos no MS

Fábio Pellegrini
quinta-feira, 5 maio 2011 17:39
Crédito:  PMA-MS
Crédito: PMA-MS
Campo Grande (MS) – Pela terceira vez em oito meses autoridades policiais realizam apreensão de canários peruanos em Mato Grosso do Sul, fatos que indicam rodovias do Estado como rotas para o contrabando de animais.

A apreensão, ocorrida na tarde de quarta-feira (4) foi feita pela Polícia Rodoviária Federal (PRF) no município de Água Clara, na BR-262, que liga Corumbá, na fronteira oeste do Estado com a Bolívia, a Três Lagoas, divisa com o Estado de São Paulo (ao leste). São 1.005 canários peruanos que estavam em um Fiat Palio , de Brasília, conduzido por um homem de 43 anos, residente em Pedra Branca (CE). Ele alegou aos policiais que havia pego as aves em Campo Grande e as levaria para Brasília.

O homem afirmou ainda que não conhecia a pessoa que o entregou as aves e que os contatos comerciais foram feitos por telefone. Com o traficante havia mais três pessoas, porém, ele assumiu toda a responsabilidade pelo tráfico, inclusive, afirmou ter pago R$ 10.000,00 pelos animais.

Os canários exóticos foram encaminhados ao Centro de Reabilitação de Animais Silvestres (CRAS), em Campo Grande. O acusado foi autuado administrativamente e multado em R$ 502.500,00. Ele ainda responderá por crime ambiental e poderá ser condenado a seis meses a um ano de detenção.

A PMA informa que tudo indica esses canários saem do Peru e Bolívia e são levados principalmente para Brasília e para a região Nordeste do país para serem utilizados em rinhas. Em fevereiro também foram apreendidos 1005 e em setembro do ano passado 1236.
Fabio Pellegrini

Crédito:  PMA-MS
Crédito: PMA-MS
Crédito:  PMA-MS
Crédito: PMA-MS

{iarelatednews articleid=”24799″}

3 comentários em “Canários-peruanos apreendidos no MS”

  1. Canário da Terra aqui no Brasil ou em qualquer outro País, é canário da terra. Uma apreensão de tamanha proporção dessas aves, como ocorreu, seria uma boa oportunidade de repovoar nosso País com canários de boa qualidade e postura. Nossos canários outrora já foram exatamente como os Peruano e Venezuelanos, em termos de tamanho, cores e raça. O que ocorreu, foi o desmatamento indiscriminado com a destruição de seus habitats, bem como, a caça indiscriminada dessa espécie, que deixaram somente aves de pequeno porte soltos os quais não interessavam aos caçadores. Após quarentena, poderiam serem soltos no Nordeste, no Centro oeste, no Noroeste e no Sul, onde existem canários nativos que certamente seriam melhorados com a cruza dos estrangeiros.

    Responder

Deixe um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.