Notícias

“A Atividade Madeireira na amazônia brasileira: produção, receita e mercados”

CLIQUE AQUI PARA FAZER DOWNLOAD O Governo Federal e o Serviço Florestal Brasileiro em parceria com o Instituto do Homem e Meio Ambiente da Amazônia (Imazon) lançaram neste ano o livro entitulado: “A atividade Madeireira na Amazônia brasileira: produção, receita e mercados”. A publicação tem por objetivo avaliar o atual cenário madeireiro da região amazônica de modo a subsidiar a formulação e implementação de políticas públicas capazes de estabelecer uma economia de base florestal sustentável e duradoura para a Amazônia Legal. Juntamente com a publicação anterior do Imazon, “A expansão madeireira na Amazônia”, formam a série mais completa de estudos sobre esta atividade econômica no Brasil. O livro abrange os aspectos de produção, geração de renda e empregos do setor madeireiro, as zonas de produção madeireira da amazônia, uso de resíduos de madeira, a participação da madeira nativa amazônica em exportações e seu fluxo no mercado interno. Portanto, essa iniciativa traz um relatório síntese da evolução da produção de madeira processada em termos de volume de toras, do número de madeireiras ativas no setor madeireiro e da economia gerada por essa atividade econômica dentro da Amazônia Legal.

Redação ((o))eco ·
10 de junho de 2010 · 11 anos atrás

Leia também

Notícias
27 de setembro de 2021

A Amazônia no Acre pede socorro

A contribuição do governo do Estado do Acre para a boiada do desmatamento e das queimadas avançar no território acreano. Estado é o terceiro que mais desmatou em agosto

Notícias
24 de setembro de 2021

Grupo de Trabalho finaliza relatório e recomenda manter separados o Ibama e ICMBio

Relatório foi publicado nesta sexta-feira na página oficial do Ministério do Meio Ambiente. No final de julho, o MPF entrou com ação civil pública contra a fusão

Notícias
24 de setembro de 2021

Ameaçado pelo avanço da agricultura, Pampa é o bioma que mais perde vegetação nativa

Levantamento do Mapbiomas mostra que em 36 anos o segundo menor bioma do país perdeu 21,04% de sua cobertura vegetal. Maior parte da perda foi para a produção de soja

Mais de ((o))eco

Deixe uma resposta