Congelamento em Bertioga

Salada Verde
quarta-feira, 31 março 2010 14:26

O governo de São Paulo criou esta semana duas unidades de conservação de Mata Atlântica, os parques estaduais de Itapetinga e Itaberaba, na Serra da Cantareira, e decretou “limitação administrativa provisória” de oito mil hectares em Bertioga, que poderão ser transformados em nova área protegida.

Em nota, o WWF atribui o congelamento da área a um abaixo-assinado com mais de cinco mil assinaturas entregue ao secretário de meio ambiente Xico Graziano. O documento, organizado pela entidade, levanta a necessidade de se conservar a restinga, mangues e outros ecossistemas naquela porção do litoral paulista, principalmente frente ao crescimento urbano. Com a limitação administrativa, os oito mil hectares ficam bloqueados para qualquer atividade que traga degradação ambiental, como corte raso e plantio de árvores para fins comerciais.

“O congelamento pode ser um bom sinal para a criação da unidade de conservação em Bertioga, uma vez que as áreas dos parques na Cantareira também haviam sido congeladas antes da criação. Nós esperamos que esse seja um passo no processo de criação da área que sirva para preparar a sociedade da melhor forma possível para a chegada da área protegida”, disse em nota do WWF Luciana Simões, coordenadora do programa Mata Atlântica da ong.

O abaixo-assinado ainda está ativo na Internet e será entregue aos novos governador e secretário estadual de Meio Ambiente, quando tomarem posse. Mais informações aqui.

Deixe um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.