Esforço de preservação

Salada Verde
terça-feira, 21 julho 2009 17:30

O município de catarinense de Itaiópolis, 2º no ranking de cidades que mais desmataram a Mata Atlântica nos últimos anos, de acordo com o Atlas de Remanescentes Florestais da não-governamental SOS Mata Atlântica e Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (INPE), deve ganhar mais uma área protegida. O esforço é do Instituto Rã-Bugio, que protocolou junto ao Instituto Chico Mendes (ICMBio) a criação de mais uma Reserva Particular de Patrimônio Natural (RPPN) no município, desta vez com 36,3 hectares. Até o momento, o Instituto  já iniciou a criação de quatro RPPNs nas cabeceiras do rio Itajaí, que somam 443 hectares de Mata Atlântica. Duas delas já estão em fase final de criação.
 

Deixe um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.