O ataque à legislação ambiental e a atualidade da tragédia dos comuns

Fernando Fernandez
segunda-feira, 12 março 2012 21:45

O que é de todo mundo é de cada um de nós. As APPs e os Parques são nossos e cada vez mais necessários. São meus, são seus e de todos nós.

O caso dos mastodontes de barriga cheia

Fernando Fernandez
terça-feira, 8 novembro 2011 19:05

Quem matou esse gigante vegetariano? A busca pela causa da extinção do mammut americanun compete com os melhores romances policiais.

Eu também tenho um sonho

Fernando Fernandez
terça-feira, 14 junho 2011 16:28

Eu tenho o sonho de um mundo com uma economia estável, abandonando o objetivo obsoleto do eterno crescimento, que maltrata o nosso planeta.

Concordando em parte com Saramago

Fernando Fernandez
segunda-feira, 11 abril 2011 18:57

O velho mestre português dizia que “a prioridade deve ser o ser humano”. Mas por que não estender o nosso círculo de direitos aos animais?

‘Nunca é por causa da demografia’

Fernando Fernandez
segunda-feira, 28 fevereiro 2011 20:55

Já vivemos em um mundo superpovoado. Se você acha que isso não tem influência em nosso cotidiano, é hora de rever seus conceitos. 

O planeta onde os políticos vivem

Fernando Fernandez
terça-feira, 26 outubro 2010 18:37

Da tela da minha televisão, vejo que o mundo dos candidatos à presidência não tem problemas ambientais. O pouco que dizem sobre o tema é constrangedor.

O Código Florestal e a conservação

Fernando Fernandez
quinta-feira, 15 julho 2010 17:47

Conceitos básicos da ecologia estão sendo desprezados nas propostas de redução da reserva legal e diminuição das matas ciliares.

Mais nem sempre é o melhor

Fernando Fernandez
sexta-feira, 7 maio 2010 18:06

Será que temos mesmo que fazer mais um monte de hidrelétricas? Para muita gente, a resposta seria “sim”. Para mim, a primeira resposta deve ser “depende”.

Outros olhos sobre as cidades

Fernando Fernandez
terça-feira, 30 março 2010 20:18

Canso de ver pessoas imersas nas suas preocupações, apressadas pela cidade como se ela fosse um deserto de concreto e vidro. Mas não é.