Benefícios em curto prazo

Ecocidades
quarta-feira, 31 março 2010 21:52

A cidade de Washington começa a colher os frutos de uma lei controversa que taxou o uso de sacolinhas plásticas em estabelecimentos comerciais. Em vigor desde janeiro deste ano, a lei determinou que cada sacola fosse comercializada por 5 centavos de dólar, o que gerou revolta de parte da população, mas fez com que a produção de sacolas diminuísse de 22,5 milhões de unidades por mês em 2009 para apenas três milhões este ano e ainda gerou receita de 150 mil dólares mensais para a cidade.  Uma pesquisa realizada pelo jornal Washington Post no mês que a lei entrou em vigor mostrou que a porcentagem de cidadãos contra a medida era praticamente a mesma que a favor. Apesar da rejeição inicial, representantes do governo local garantem que os moradores da cidade estão se adaptando muito rapidamente à norma. A expectativa é que, em quatro anos, a medida gere receita de 10 milhões de dólares, que serão usados para iniciativas ambientais.

Via:The Washington Post

 

Deixe um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.