Rota da poluição

A trajetória da fumaça
quarta-feira, 22 setembro 2010 14:39

A NASA, agência espacial americana, divulgou um mapa da qualidade do ar no planeta em agosto. As manchas mais fortes em vermelho mostram as mais altas concentrações de aerossois na atmosfera, medidos pelo sensor Modis, no satélite Terra. Os aerossois são partículas sólidas presentes no ar, que podem vir na fumaça das queimadas, e do transporte de areia e poeira pelos ventos. Dependendo do formato e do tamanho das partículas em suspensão, elas podem ajudar na formação de nuvens de chuva ou inibi-las.

As emissões oriundas de queimadas na região amazônica e o transporte da fumaça para o sul do continente americano foram os maiores responsáveis para os índices ruins de qualidade do ar. Segundo a NASA, a América do Sul, junto com a Rússia, apresentaram as maiores concentrações do planeta no período analisado. Veja uma foto tirada pela NASA do corredor de fumaça formado na América do Sul.

Deixe um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.