Repúdio à indicação de bombeiro

A trajetória da fumaça
segunda-feira, 1 março 2010 18:32

Um grupo de 23 especialistas em incêndios florestais do Instituto Chico Mendes (ICMBio) enviou em fevereiro uma carta de repúdio ao presidente da instituição, contra a indicação de mais um bombeiro para assumir a Coordenação de Prevenção e Combate a Incêndios do órgão que administra as unidades de conservação federais.

Eles explicam que havia uma grande expectativa com a indicação de um analista ambiental com experiência na área, e que ele tinha sido chamado para participar das ações de planejamento para 2010 depois que o major Alexandre Lemos pediu para deixar o cargo, um ano após de assumir a função. Mas foram surpreendidos pela preferência por um outro oficial do corpo de bombeiros e pedem que o presidente do ICMBio, Rômulo Mello, reconsidere a posição. A carta foi encaminhada também ao coordenador geral de proteção ambiental do instituto e diretor de unidades de conservação de proteção integral.

O ICMBio informou que o processo de escolha do novo coordenador de prevenção e combate a incêndios ainda está em aberto, e envolve a avaliação das indicações pelos diretores do órgão em Brasília e pelos 11 coordenadores regionais. A expectativa é de que ainda em março o novo nome seja decidido.

No início de 2009, também houve manifestação de descontentamento em relação à indicação de um profissional de fora do Instituto para coordenar as ações nas áreas federais protegidas. A questão divide opiniões.

Reveja nas reportagens:
“2009: um ano de fogo”
“Combate ao fogo em outras mãos”

Leia a carta dos especialistas em incêndios florestais na íntegra abaixo.
 


Deixe um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.