Colunas

Meio ambiente também é coisa de mulher

A queniana Wangari Maathai, ganhadora do Prêmio Nobel da Paz, e a jornalista carioca Renata Bernardes comprovam que meio ambiente também é coisa de mulher.

14 de janeiro de 2005 · 17 anos atrás
  • Carla Rodrigues

    Jornalista, é doutora e mestre em Filosofia (PUC-Rio), onde estuda questões éticas e políticas. Coordenadora do Centro Técnic...

O fôlego de Bernardes vai mais longe: esse mês, ela começa a apoiar o trabalho social que a também jornalista Thaís Corral está desenvolvendo desde o ano passado numa favela da Rua Júlio Otoni. Quando recupera os passos dessa trajetória, ela lembra do avô, um militar que a obrigou a fazer concurso para a Petrobras. Há quase 30 anos, antes de virar dublê de militante e jornalista, Bernardes jogou para o alto uma vaga – praticamente cativa, diga-se de passagem – no departamento de comunicação da estatal. “Não era o que eu queria”, conta, ainda às gargalhadas com a reação desesperada do avô diante de gesto tão insensato.

Leia também

Reportagens
15 de setembro de 2021

Escuta o xamã: Davi Kopenawa Yanomami envia mensagem para o povo da cidade

Liderança indígena faz apelo por mobilização contra a aprovação do marco temporal e do Projeto de Lei 490

Reportagens
15 de setembro de 2021

Restaurar pasto degradado custa 72% menos do que abrir novas áreas na Amazônia

Além de mais rentável, restauração pode evitar desmatamento de 1 milhão de hectares por ano até 2030, mostra estudo do projeto Amazônia 2030

Reportagens
15 de setembro de 2021

O que sobra quando o rio desce?

Em 2021, a enchente no Amazonas bateu recorde, mas agora que o nível do rio está descendo, aparecem outros problemas para a população mais vulnerável, que fica à mercê do lixo, das doenças e da insegurança de suas casas bambas

Mais de ((o))eco

Deixe uma resposta