Uma desconfiada raposa na Patagônia

((o))eco
quarta-feira, 11 abril 2012 17:47
Aldem Bourscheit não vê paraísos apenas em praias franjadas de coqueiros sombreando a areia macia. Para ele, o Parque Nacional Torres del Paine, no extremo sul da Patagônia chilena, é um miríade de paisagens desconcertantes e um exemplo de organização. Graças ao clima quente e à corrida reprodutiva, os animais do Paine não ligam muito para os visitantes humanos e se deixam fotografar com certa facilidade. A área protegida abriga mais de uma centena de aves, como condores, patos selvagens e pica-paus, além de 25 mamíferos, como gambás, veados, pumas e desconfiadas raposas como esta da foto.

Leia também:
Patagônia tecnicolor

Deixe um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.