Uma heroína diferente V

((o))eco
sexta-feira, 13 janeiro 2006 17:02

De Silvestre GorgulhoDiretor-Geral da Folha do Meio Ambiente Mais do que dar meu depoimento sobre tudo que a Maria Tereza Jorge Pádua escreveu sobre a horoína de Abaeté-MG, quero deixar aqui registrado a importância destes heróis anônimos deste Brasilzão velho de Deus . Como a heroína de Abaeté, eles dignificam o serviço público, pelo trabalho digno, pela honestidade em tratar a coisa pública e pela dedicação com que se envolvem no trabalho do dia-a-dia. Longe dos mensalões, dos conchavos, das maracutaias e dos interesses politiqueiros, são esses heróis – que – graças a Deus – são muitos, apesar da mídia ignorá-los, que constroem este País.Salve as Creuzas, as Marias Terezas e todos que anonimamente têm garra e coragem para defender a verdade e a vida.

Deixe um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.