Urbanoide
Mudanças e tecnologias que melhoram o ambiente urbano

Livro mostra o impacto da urbanização na biodiversidade

Daniele Bragança
quinta-feira, 13 novembro 2014 19:10
Segundo a publicação, em 2050, mais de 2/3 da população mundial (cerca de 6 bilhões de pessoas) viverão em cidades como São Paulo. Foto: Joel Santana Joel/Pixabay.

Em 2050, estima-se que haverá 9 bilhões de pessoas no mundo, dos quais 6,3 bilhões viverão nas cidades. É a maior expansão da urbanização da história da humanidade. O impacto do crescimento urbano na biodiversidade é tema do livro “Panorama da Biodiversidade nas Cidades – Ações e Políticas – Avaliação global das conexões entre urbanização, biodiversidade e serviços ecossistêmicos“, que acaba de ser publicado em português com o apoio do Ministério do Meio Ambiente (MMA).

Com apenas 65 páginas, o livro traça uma avaliação global entre urbanização e seus impactos sobre a biodiversidade e os serviços ecossistêmicos. A publicação foi elaborada por mais de 75 cientistas formuladores de políticas públicas de diversas partes do mundo. É a primeira síntese de como a urbanização afeta o meio ambiente em nível global.

“O crescimento urbano terá impactos significativos sobre a biodiversidade, os habitats naturais e muitos serviços ecossistêmicos dos quais depende a nossa sociedade”, alerta Ban Ki-moon, secretário-geral da Organização das Nações Unidas (ONU).

De acordo com o Secretário, apesar dos desafios da urbanização, há janelas de oportunidades, já que as cidades possuem um grande potencial de gerar inovações e instrumentos de governança e, portanto, podem “e devem” assumir a liderança no desenvolvimento sustentável.

 

 

Leia Também
‘Nunca é por causa da demografia’
Urbanização até 2030 prejudicará 200 espécies ameaçadas
Impacto ambiental do conforto humano

 

 

Deixe um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.