Salada Verde
Sua porção fresquinha de informações sobre o meio ambiente

Vídeo: Qual a importância da reprodução do mero em cativeiro? por Eduardo Sanches

Daniele Bragança (Texto), Márcio Lázaro (Vídeo e Edição)
segunda-feira, 21 maio 2018 1:56

Na maioria das vezes, manter aberta a possibilidade de uma reprodução em cativeiro para a restauração de uma espécie ameaçada é a única esperança de que esse animal não irá desaparecer. Ainda não é o caso do grande e inofensivo mero (Epinephelus itajara), o primeiro peixe a ser protegido por norma que proíbe sua captura, mas é uma garantia.

No décimo oitavo vídeo da série “Pense Verde”, Eduardo Sanches, diretor do Centro de Pesquisa do Pescado Marinho, do Instituto da Pesca (IP-APTA), explica o delicado processo de reprodução em cativeiro do Epinephelus itajara.

Graduado em Zootecnia pela Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho, mestre em aquicultura e maricultura pelo Instituto de Pesca e doutor em aquicultura pela Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC), Eduardo Gomes Sanches é pesquisador científico do Instituto de Pesca, desenvolvendo trabalhos no Núcleo de Pesquisa e Desenvolvimento do Litoral Norte, em Ubatuba. Atua na área de Aquicultura, com ênfase em maricultura e piscicultura marinha.

 

Assista:

 

Leia Também

“Brasil mal faz o básico para proteger os recursos pesqueiros”, diz Áthila Bertoncini

Vídeo: Por que a proibição de pesca é importante para a conservação do mero? por Jonas Leite

‘Não fui eu’, diz Henri Castelli sobre mero abatido

 

 

 

Deixe um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.