Salada Verde
Sua porção fresquinha de informações sobre o meio ambiente

Último macho dos rinocerontes brancos do norte morre no Quênia

Sabrina Rodrigues
terça-feira, 20 março 2018 16:36
Sudan era o último macho da subespécie rinocerontes brancos do norte. Foto: Andrew Harrison Brown/Facebook Ol Pejeta.

 

O Ol Pejeta Conservancy é o maior santuário de rinoceronte preto no leste da África e abrigava os três dos últimos rinocerontes brancos do norte (Ceratotherium simum cottoni) do mundo. Abrigava. Agora são somente duas, pois Sudan, o último macho da subespécie rinoceronte branco do norte do mundo, morreu na segunda-feira (19). O anúncio foi feito pelos administradores do Ol Pejeta, localizado no Quênia, nesta terça-feira (20).

As complicações de saúde de Sudan levaram a alterações degenerativas em músculos e ossos combinados com feridas extensas na pele do animal. Sua condição piorou significativamente nas últimas 24 horas. Ele não conseguia se levantar e estava sofrendo muito. A equipe veterinária do Ol Pejeta e o Kenya Wildlife Service (Serviço Vida Selvagem do Quênia) decidiram praticar a eutanásia no rinoceronte.

Sudan deixa Najin e Fatu, respectivamente filha e neta do rinoceronte, que era vigiado 24 horas por dia por guardas armados e monitorado através de um rádio transmissor. A vigilância era para proteger Sudan dos caçadores, ávidos em obter os chifres dos rinocerontes para contrabandeá-los para o mercado ilegal asiático, devido à crença de que os chifres obtém poderes milagrosos de cura de todo o tipo de doença.

A história de Sudan e a esperança de novos rinocerontes da espécie

Na década de 1970, Sudan escapou da extinção da sua espécie quando foi transferido para o Zoológico Dvůr Králové, no Quênia. Depois foi para o Santuário Ol Pejeta. Em 2015, foi feita uma campanha para conseguir pagar por mais seis meses os 40 guardas que mantinham os caçadores afastados do santuário de 36,4 mil hectares, próximo de Nairóbi, capital do país.

Naji e Fatu permanecem em Ol Pejeta. Sudan teve o seu material genético coletado ontem, o que proporciona uma esperança para futuras tentativas de reprodução de rinocerontes brancos do norte através da fertilização in vitro.

 

Leia Também

Vigiado 24h, assim vive o último rinoceronte branco do norte

Vídeo: bebê rinoceronte tenta se amamentar em mãe morta por caçadores

Tribunal sul-africano acaba com a proibição de venda de chifres de rinocerontes no país

 

 

Deixe um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.