Policiais prendem suspeitos de tráfico de pássaros silvestres no Paraná
Salada Verde
Sua porção fresquinha de informações sobre o meio ambiente

Policiais prendem suspeitos de tráfico de pássaros silvestres no Paraná

Sabrina Rodrigues
segunda-feira, 2 julho 2018 13:55
Na operação “Canário Pistola”, os policiais encontraram 98 pássaros. Foto: Divulgação/Polícia Ambiental.

A Polícia Ambiental do Paraná realizou na sexta-feira (29) e no sábado (30), no interior do estado, a operação “Canário Pistola” que prendeu dez pessoas suspeitas de envolvimento com tráfico de animais silvestres. Além disso, os agentes apreenderam armas e munições ilegais e resgataram quase 100 pássaros.

A operação “Canário Pistola” ocorreu nos municípios de Capanema, Nova Santa Rosa, Capitão Leônidas Marques, no sudoeste do estado e nas cidades de Boa Vista da Aparecida e Palotina, na região oeste.

Nesses locais, os policiais encontraram 98 pássaros, três deles estavam feridos, quatro armas, munição e armadilhas ilegais. Segundo a polícia, entre os pássaros apreendidos estavam papagaio, trinca ferro, canário-da-terra, azulão, curió, sabiá, bico grosso, pintassilgo, melro, cardeal, coleiro baiano, tico-tico rei, sangue-de-boi, bico de pimenta, pássaro preto, além de outras espécies.

Os presos deverão responder por crime ambiental.

Foto: Divulgação/Polícia Ambiental.

 

Leia Também

Criador de pássaros processa Ibama por danos morais e perde

O país nº 1 em aves enfrenta o desafio de frear o tráfico ilegal

PRF prende traficante com mil pássaros no porta-mala

 

Deixe um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.