Salada Verde
Sua porção fresquinha de informações sobre o meio ambiente

Nova espécie de tubarão é descoberta no Golfo do México

Sabrina Rodrigues
segunda-feira, 23 julho 2018 16:47
Eugenie Clark foi pioneira na pesquisa sobre o comportamento dos tubarões, tornando-se uma defensora pública dessas espécies. Foto: Florida Institute of Technology.

Neste fim de semana, cientistas divulgaram imagens de uma espécie recém-descoberta de tubarão no Golfo do México, perto do litoral da Flórida. Com cerca de 70 centímetros de comprimento e olhos enormes que mais parecem personagens de desenhos animados, a nova espécie de tubarão recebeu o nome de Squalus clarkae, em homenagem à bióloga marinha Eugenie Clark, conhecida como a “Dama dos tubarões”, pioneira na conservação marinha.

O recém-descrito tubarão pertence à família dos cações, tubarões de pequeno porte que vivem principalmente em águas profundas e se reproduzem lentamente. A gestação do Squalus clarkae pode durar até dois anos.

Inicialmente, a nova espécie foi rotulada como cão-espinho (Squalus mitsukurii), outra espécie de cação nativo das águas do Japão. Mas análises genéticas e investigação das características físicas do tubarão confirmaram que a criatura era uma espécie nova para a ciência.

Eugenie Clark, a “Dama dos Tubarões”

Nascida em 04 de maio de 1922, Eugenie Clark começou a sua carreira nos anos 40. Foi uma bióloga marinha que ficou conhecida por seu trabalho estudando tubarões, incluindo a descoberta daqueles adormecidos, eliminando a ideia de que esses animais precisariam continuar nadando para respirar. Clark também foi a primeira cientista a desenvolver “tubo de ensaio” em peixes; descobriu várias espécies de desses animais e foi pioneira na pesquisa sobre o comportamento dos tubarões, tornando-se uma defensora pública dessas espécies. Eugenie faleceu em fevereiro de 2015, de câncer de pulmão, deixando quatro filhos.

Assista aos vídeos da nova espécie de tubarão:

 

Leia Também

Cientistas descobrem nova espécie de tubarão no Oceano Atlântico

Um novo tubarão nas águas afetadas pela Samarco

ONGs lançam campanha contra venda de bolinho de tubarão em Noronha

 

Deixe um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.