Salada Verde
Sua porção fresquinha de informações sobre o meio ambiente

Ministro volta atrás e não dará posse a infrator ambiental no Ibama

((o))eco
terça-feira, 26 julho 2016 17:21
Após repercussão, Sarney Filho tornará sem efeito a nomeação do novo superintendente do Ibama na Bahia. Foto: Antonio Augusto/Câmara dos Deputados.
Após repercussão, Sarney Filho tornará sem efeito a nomeação do novo superintendente do Ibama na Bahia. Foto: Antonio Augusto/Câmara dos Deputados

O ministro do Meio Ambiente, José Sarney Filho, tornará sem efeito a nomeação de Neuvaldo David Oliveira (PR-BA) para o cargo de superintendente do Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis (Ibama) na Bahia. O ministro voltou atrás após a repercussão do caso. Político e ex-prefeito do município de Caravelas, Oliveira foi multado pelo órgão ambiental por instalar uma rede de abastecimento de energia elétrica em uma área de preservação permanente.

A nomeação de Neuvaldo foi publicada no dia 18 de julho pelo ministro de Meio Ambiente Interino, Marcelo Cruz. Ele substituiu o analista ambiental Célio Costa Pinto, que é especialista em Planejamento e Gestão Ambiental e servidor de carreira do órgão.

A Associação Nacional dos Servidores do Ibama (Ascema-BA) divulgou nota no dia seguinte da nomeação criticando o loteamento político dos cargos de chefia. Na sexta, o Ministério Público Federal na Bahia recomendou que a nomeação fosse tornada sem efeito, pois “uma vez empossado no cargo de superintendente do Ibama, Oliveira pode vir a influenciar em atos de gestão que lhe beneficiem diretamente, o que configuraria situação de conflito de interesse”.

Um novo nome será indicado ao cargo.

 

 

Leia Também

Servidores do Ibama se mobilizam contra o loteamento político no órgão

MPF entra na briga contra nomeação do novo superintendente do Ibama na Bahia

Servidores do Ibama protestam contra novo superintendente do órgão no Rio

 

 

 

9 comentários em “Ministro volta atrás e não dará posse a infrator ambiental no Ibama”

  1. Tá, o da Bahia sai, porque foi muito descarado, mas e os demais que também foram nomeados por motivos políticos, sem qualquer competência para isso? Algo vai mudar?

    Responder
      • Sim, mas o que tem haver o Lula…??!! Governos do PT foram péssimos pro meio ambiente, assim como esta volta do Sarney Filho e sua trupe de Dinossauros arcaicos… ao final nada de novo e o buraco cada vez mais fundo… Mas, deve ser culpa do Lula…

        Responder
    • Jurassic Park meu caro, o bom filho sempre volta pra mamar mais um pouco na "teta" da mamãe… por falar nisso, vai um projetinho aí com dinheiro dos gringos ?!

      Responder
  2. Engraçado. Aqui mesmo no Eco, funcionários do Ibama fizeram um escarcéu no RJ contra a nomeação do tal Zilto para Superintendente. Agora esse governo tira o cara, e ninguém fala nada? Não deviam estar agradecendo ao atual governo por ter tirado o cara?

    Responder

Deixe um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.