Salada Verde
Sua porção fresquinha de informações sobre o meio ambiente

Juiz sentencia caçador a assistir ao filme “Bambi”

Sabrina Rodrigues
terça-feira, 18 dezembro 2018 16:33
Caçador furtivo terá que assistir ao clássico da Disney, “Bambi”, uma vez por mês durante um ano. Foto: Projeção do filme “Bambi”/Loren Javier/Flickr.

Um juiz do condado de Lawrence, no estado de Missouri, nos Estados Unidos, utilizou uma sentença um tanto inusitada para condenar um caçador ilegal que matou centenas de cervos. O magistrado Robert George sentenciou David Jerry Jr., de 29 anos, a assistir, uma vez por mês, ao filme “Bambi”, um clássico da Disney.

David Jerry Jr. foi condenado a um ano de prisão e nesse período deverá  assistir, obrigatoriamente, a animação de 1942, onde o personagem principal, um cervo chamado Bambi, tem sua mãe morta por caçadores.

No dia 31 de agosto de 2016, David Berry Jr foi preso junto com o seu pai, David Berry Sr. e mais dois irmãos pela matança de centenas de cervos. As autoridades não sabem informar o número exato de animais mortos. David, além de matar os animais, decapitava-os, levando com ele as cabeças e os chifres dos animais como troféus, deixando o resto dos corpos dos cervos apodrecendo. O evento está sendo considerado como um dos maiores casos de caça no estado de Missouri.

O pai de Berry e seus dois irmãos pagaram US 51.000 (o equivalente, hoje, a R$ 200 mil) em multas e custas judiciais, mas a David coube a “sentença” adicional de assistir ao desenho.

A investigação, que levou os Berry à prisão, durou quase nove meses e também envolveu casos no Kansas, Nebraska e Canadá. O Departamento de Conservação do Missouri disse que as informações fizeram 14  residentes do estado a enfrentar mais de 230 acusações em 11 países.

David Berry Jr. tem até o dia 23 de dezembro para começar a assistir ao filme “Bambi”.

 

Leia Também

Homem é multado por abater veado-campeiro em São Paulo

Relator rejeita Projeto de Lei que liberaria a caça no Brasil

Projeto de Lei regulamenta a caça de animal silvestre no Brasil

 

4 comentários em “Juiz sentencia caçador a assistir ao filme “Bambi””

  1. "condenar um caçador", "um dos maiores casos de caça no estado de Missouri." Essas duas afirmações já não podem ser consideradas simples ignorância, mas denotam um viés ideológico e preconceituoso torto.

    Esse homem preso NÃO era caçador, mas sim um "poacher", ou caçador ilegal; resumindo: um bandido. Nos Estados Unidos são mortos, por ano, muitos milhares de cervos legalmente, como, aliás, em todos os países de primeiro mundo, sem exceção.

    Da. Sabrina, procure informar-se mais e melhorar um pouco seus textos. Um pouco mais de responsabilidade, precisão e informação não fariam mal.

    Responder
  2. Eu li as matérias originais desse assunto em algumas mídias norte americanas. NENHUMA falava em caçador (hunter). Todas, SEM EXCEÇÃO, falam de POACHER, o que é bem diferente de hunter.

    Mas aqui, nestes tristes trópicos de monoglotas e ideologias enviesadas… Pobres de nós.

    Responder

Deixe um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.