INPE lança novo portal sobre desmatamento na Amazônia
Salada Verde
Sua porção fresquinha de informações sobre o meio ambiente

INPE lança novo portal sobre desmatamento na Amazônia

Daniele Bragança
quarta-feira, 22 novembro 2017 17:02
Árvores derrubadas em área de exploração ilegal de madeira em Novo Progresso, Pará. Foto: Vinícius Mendonça - Ascom/Ibama.
Árvores derrubadas em área de exploração ilegal de madeira em Novo Progresso, Pará. Foto: Vinícius Mendonça – Ascom/Ibama.

Responsável pelo monitoramento oficial do desmatamento na Amazônia, o Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (INPE) acaba de lançar um portal mais moderno e interativo dedicado exclusivamente ao assunto, o Terra Brasilis. Dados não faltam. Desde a década de 1980, o Instituto acompanha as mudanças no solo da Amazônia Legal.

A Amazônia é a vitrine e principal produto do novo portal. Segundo o INPE, foi construído um “dashboard”, ou seja, um painel interativo de visualização dos dados, onde os usuários podem interagir com diversos gráficos que mostram os aspectos chave para analisar a taxa de desmatamento em toda a área observada ou filtrados por municípios, estados, unidades de conservação etc. O usuário ainda tem a possibilidade de obter os dados em formatos comuns, permitindo a construção de seus próprios gráficos e análises.

Novo portal de mapas do PRODES.
Novo portal de mapas do PRODES.

“Com essa nova forma de apresentação acreditamos que os gestores, como prefeitos e governadores, além de jornalistas, estudantes, pesquisadores e a população em geral, ganham acesso aos dados de seu interesse compilados, atualizados e apresentados de maneira mais fácil, diretamente no ambiente da Web”, diz Dalton Valeriano, coordenador do Programa Amazônia do INPE.

Mapas

A visualização de mapas anuais também foi modernizada, com a adoção de tecnologia de serviços web geográficos, que utilizam protocolos padrões para apresentação de dados, como é o caso dos mapas de desmatamento. Ainda segundo o INPE, isso permite uma maior interação do usuário com a área de visualização dos mapas.

“Para essa nova forma de disponibilizar os dados do PRODES, adequamos um conjunto de tecnologias abertas para a construção de portais geográficos, inserindo algumas novas funcionalidades e modificando outras, construindo uma plataforma de disseminação que chamamos de Terra Brasilis”, explica Karine Ferreira, tecnologista do INPE e responsável pela parte tecnológica da modernização do portal.

Confira: http://terrabrasilis.info/composer/PRODES

 

Leia Também 

Inpe e Imazon: vigilantes do desmatamento na Amazônia

Desmatamento do Cerrado supera o da Amazônia, indica dado oficial

Por que o governo divulga a taxa de desmatamento da Amazônia duas vezes?

 

 

 

Deixe um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.