Governo exonera todos os diretores do ICMBio e nomeia novo presidente
Salada Verde
Sua porção fresquinha de informações sobre o meio ambiente

Governo exonera todos os diretores do ICMBio e nomeia novo presidente

Daniele Bragança
quarta-feira, 9 janeiro 2019 10:52
O veterinário Adalberto Eberhard presidirá o ICMBio. Foto: Antonio Augusto/Câmara dos Deputados.

Todos os diretores do Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade (ICMBio) foram exonerados nesta quarta-feira (09). Silvana Canuto, diretora de Planejamento, Administração e Logística; Marcelo Marcelino, diretor de Pesquisa, Avaliação e Monitoramento; Claudio Maretti, diretor de Ações Socioambientais e Consolidação Territorial em Unidades de Conservação e o ex-presidente da autarquia, Paulo Henrique Marostegan e Carneiro, deixaram hoje o cargo. Todos estavam no posto há pelo menos 2 anos.

Na mesma portaria, foram exonerados cinco assessores especiais do ex-ministro do Meio Ambiente, Edson Duarte, e o ex-chefe de gabinete, Heitor Matallo Júnior, além do diretor do Departamento de Gestão Ambiental Territorial da Secretaria de Recursos Hídricos e Qualidade Ambiental do Ministério do Meio Ambiente, Raimundo Nonato.

A única nomeação do dia foi do veterinário Adalberto Eberhard, conhecido pelo seu trabalho na conservação do Pantanal Matogrossense, que assume agora o comando do ICMBio, autarquia que cuida das unidades de conservação federais.

 

Saiba Mais

Exonerações e nomeação – DOU.

 

Leia Também 

Fundador da Ecotrópica, Adalberto Eberhard será o novo presidente do ICMBio

Luiz Eduardo Leal de Castro Nunes é nomeado presidente substituto do Ibama

Novo ministro do Meio Ambiente diz que haverá total sinergia com Agricultura

 

12 comentários em “Governo exonera todos os diretores do ICMBio e nomeia novo presidente”

  1. Paulo Carneiro ficará marcado por uma gestão curta, porém uma das mais desastrosas para o ICMBio! Agora falta cair o chefe de gabinete, tão desastroso quanto o agora ex-presidente Carneiro!

  2. Que caia o resto todo!!! Uma verdadeira renovada nos ares do ICMBio será ótimo. Tem gente que está no mesmo cargo desde a criação do instituto. Estão criando raízes!! E acabam por agir com personalismo dentro do funcionalismo público, esquecem que representam uma instituição que presta um serviço a população.

    • E o que falar dos tais coordenadores regionais, alguns que transformaram suas CRs em seus verdadeiros feudos! Tem uma coordenadora em Rondônia que agarrou o osso e não largou nunca mais! Está lá ad aeternum! O profissional neste caso deixa de existir e o personalismo passa a predominar.

  3. Violeta · 1 hora atrás

    Que caia o resto todo!!! Uma verdadeira renovada nos ares do ICMBio será ótimo. Tem gente que está no mesmo cargo desde a criação do instituto. Estão criando raízes!! E acabam por agir com personalismo dentro do funcionalismo público, esquecem que representam uma instituição que presta um serviço a população.

  4. Já vão tarde. Espero que nunca mais voltem e que o TCU faça uma auditoria no Icmbio pra mostrar o quanto a ingerência desses aí prejudicaram o Órgão e as UC's.

  5. Não mesmo! São é uma cambada que se locupletou desse mal fadado órgão desde sua criação em 2007…praticamente um feudalismo institucional ambiental federal!

  6. Vc não sabe o que fala! Só quem acompanhou todas as gestões desde a criação pode falar. Concordo que poderiam ter feito mais, mas nunca tiveram condições favoráveis. E desculpem os desinformados, mas o órgão só teve UM presidente petista, os outros principalmente do PMDB que continua mamando como sempre.

  7. Pôs eu acho que "fizeram o que puderam" , sobretudo o Paulo Carneiro… entrar em um "fim de festa" com cartas marcadas e poder concentrado nas mãos de dois não é mole… e vai tu se candidatar a ser regional senhor Resex… se tens provas de que a grana fora desviada, prove! chega de mamata, mas chega de mimimi também… chega de dizer "mãe o leite derramou" e não fazer nada! Chega de bacaba!

Deixe um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.