Salada Verde
Sua porção fresquinha de informações sobre o meio ambiente

Governo de São Paulo pretende arrecadar até R$ 30 milhões com parques urbanos

Sabrina Rodrigues
quinta-feira, 20 outubro 2016 15:20
O Parque Villa-Lobos é uma das unidades que poderão ter propaganda de empresas privadas. Foto: Rodrigo Soldon
O Parque Villa-Lobos é uma das unidades que poderão ter propaganda de empresas privadas. Foto: Rodrigo Soldon

O governador de São Paulo, Geraldo Alckmin, planeja estratégias para que a iniciativa privada possa investir nos parques urbanos estaduais, em troca de propaganda e de exploração de alguns serviços. Com o investimento, o governo pretende arrecadar uma quantia que varia entre R$ 10 milhões e R$ 30 milhões. De acordo com o Estadão, a Secretaria de Meio Ambiente já listou as unidades e os respectivos recursos que podem ser explorados. Entre as unidades elencadas estão o Parque Villa-Lobos, Cândido Portinari, da Água Branca, da Juventude, do Belém, Horto Florestal e da Guarapiranga. Para ter uma ideia de como a utilização dessas unidades seria exercida, por exemplo, em parques que não possuem quadras esportivas, como o da Juventude, a intenção é abri-los para shows, cinema ao ar livre ou eventos como feiras. Em parques como Villa-Lobos, Portinari e Belém, que possuem quadras de esporte e campos de grama e areia, a empresa faria a sua propaganda através de placas no entorno. O objetivo é tornar os parques mais atrativos para a sociedade.

Fonte original: Estadão

 

 

 

Deixe um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.