Fiscalização resgata mais de 400 animais no Sergipe
Salada Verde
Sua porção fresquinha de informações sobre o meio ambiente

Fiscalização resgata mais de 400 animais no Sergipe

Sabrina Rodrigues*
terça-feira, 26 setembro 2017 18:08
Um dos animais resgatados na operação de Fiscalização Preventiva Integrada da Bacia Hidrográfica do Rio São Francisco. Foto: FPI/Divulgação.
Um dos animais resgatados na operação de Fiscalização Preventiva Integrada da Bacia Hidrográfica do Rio São Francisco. Foto: FPI/Divulgação.

Mais de 400 animais silvestres foram resgatados com vida nos municípios sergipano de Neópolis e Japaratuba, na manhã desta terça-feira (26). A ação faz parte da 3ª Etapa da Fiscalização Preventiva Integrada da Bacia Hidrográfica do Rio São Francisco (FPI do São Francisco), que conta com 13 equipes formadas por profissionais de 29 instituições, com a coordenação dos Ministérios Públicos Federal e Estadual e com o apoio do Comitê da Bacia Hidrográfica do Rio São Francisco (CBHSF).

Esse é o segundo dia de fiscalização e só na Zona Rural de Japaratuba, os membros da FPI conseguiram resgatar vários animais silvestres, dentre eles: Papagaio Estrela, Papagaio Verdadeiro, Papa Capim, Sabiá, Pássaro Preto, Jesus Meu Deus, Galo de Campina, Azulão, Canário da Terra, Fogo Apagou, entre outros. Uma quantidade bem pequena de jabutis também foi resgatada.

Já no Povoado São José, pertencente ao município de Japaratuba, a fiscalização conseguiu resgatar duas cotias que estavam ilegalmente em um viveiro nos fundos de uma residência. Os proprietários da residência assinaram um termo de doação voluntária para que os animais fossem devolvidos à natureza e foram orientados a não voltarem a cometer tal ato, pois isso configura infração e crime ambiental. Além das duas cotias, 17 pássaros também estavam no local e foram recolhidos pelos fiscais.

Segundo a equipe Fauna, responsável pelo resgate de animais, os bichos estão sendo cuidados por biólogos, veterinários e ornitólogos e logo que estiverem em boas condições, serão devolvidos à natureza. A soltura dos animais está prevista para esta quarta (27) em áreas previamente selecionadas cadastradas pelo Ibama ou em unidades de conservação, como o Refúgio da Vida Silvestre Mata do Junco.

*Com informações da Assessoria de Comunicação do Ministério Público Federal

Leia Também

Polícia cumpre mandado de busca contra maior traficante de animais silvestres do Brasil

Ibama e polícia apreendem mais de mil partes de animais no Rio

Ibama apreende peles de onças-pintadas em Mato Grosso

2 comentários em “Fiscalização resgata mais de 400 animais no Sergipe”

  1. Fala sério!!!!! Os infratores com as cotias assinaram termo de doação???? Por acaso alguém achou que estavam criando pra estimação?
    É falta de vontade de aplicar a lei!!!

Deixe um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.