Curta critica proposta que recorta a APA da Escarpa Devoniana
Salada Verde
Sua porção fresquinha de informações sobre o meio ambiente

Curta critica proposta que recorta a APA da Escarpa Devoniana

Sabrina Rodrigues
quinta-feira, 26 outubro 2017 21:21
Com quinze minutos de duração, o documentário resume a polêmica proposta da redução, que tramita na Assembleia Legislativa do Paraná (ALEP-PR). Foto: OJC/Divulgação.
Com quinze minutos de duração, o documentário resume a polêmica proposta da redução, que tramita na Assembleia Legislativa do Paraná (ALEP-PR). Foto: OJC/Divulgação.

 

O Observatório de Justiça e Conservação (OJC) lançará nesta sexta-feira (27) o curta metragem “Os Últimos Campos Gerais”, minidocumentário que expõe as irregularidades, incoerências e suspeitas sobre interesses que estão por trás do Projeto de Lei 527/2016, que prevê a mutilação de quase 70% da Área de Proteção Ambiental (APA) da Escarpa Devoniana, a maior unidade de conservação do Sul do Brasil.

Com quinze minutos de duração, o documentário tem a narração de Luís Melo e resume a polêmica proposta da redução, que tramita na Assembleia Legislativa do Paraná (ALEP-PR) desde o segundo semestre de 2016, além de explicar as histórias e características da APA e da Escarpa.

Logo após a exibição do curta, haverá uma apresentação do clipe da música “Pare, Preste Atenção!” A canção foi criada e gravada voluntariamente por artistas que se sensibilizaram com o problema. “Fomos movidos pela intenção de ajudar. Queremos chamar a atenção para essa causa que deve ser de todos nós. Os ecossistemas estão gravemente ameaçados pela proposta de redução da APA da Escarpa Devoniana. Precisamos salvar o que restou, pois nosso futuro está em jogo”, afirmou Raissa Fayet, cantora e compositora responsável por reunir os artistas para composição da música.

Depois, a partir das 11h, ocorre uma mesa redonda com o tema “Alternativas econômicas sustentáveis para a APA da Escarpa Devoniana e Campos Gerais”, com a participação de conservacionistas, representantes de universidades, instituições do terceiro setor, do turismo, da área política, além de membros do Ministério Público Estadual, do ator Luís Melo e do cineasta André D’Elia.

“Os Últimos Campos Gerais” será exibido, nesta sexta-feira, às 10h, na Universidade Positivo (UP), no Pavilhão da Expo Unimed, Entrada Principal, Estacionamento E-10, na Rua Professor Pedro Viriato Parigot de Souza, 5300.

Após o lançamento, o curta estará disponível nas redes do OJC, como site, Facebook, Twitter, Instagram e no canal do YouTube.

Assista ao trailer do documentário:

 

Leia Também

Estudo para mutilar a APA da Escarpa Devoniana não partiu do Conselho da área

A riqueza escondida na APA da Escarpa Devoniana

APA da Escarpa Devoniana pode perder 70% de sua área

2 comentários em “Curta critica proposta que recorta a APA da Escarpa Devoniana”

  1. O curta-metragem é um marco na história do ambientalismo paranaense. Decorrente de profundas incoerências praticadas por entes públicos de maneira recorrente e criminosa, sem qualquer aliança com o interesse público. Não existe outra alternativa de enfrentamento às gestões públicas irresponsáveis senão expô-las ao público de maneira crua e constrangedora. Com o apoio da opinião pública e de instâncias de controle como o MP, abusos históricos contra o patrimônio natural dos paranaenses e de todos os brasileiros serão evitados. Trata-se de um exemplo extremamente relevante o trabalho realizado pelo Observatório Justiça e Conservação. Uma inspiração para que os limites sejam transpostos. Para que maus gestores públicos, aliados a grupos setoriais de se consideram acima da lei, sejam pressionados a cumprir o seu dever e assumir suas responsabilidades.

  2. Documentário muito bem feito mostrando o abuso de autoridades políticas aliadas ao Agronegócio e a má gestão do órgão ambiental paranaense. Espero que o vídeo seja repercutido entre a sociedade para que se tenha conhecimento e se faça pressão contra o projeto de lei.

Deixe um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.