Download PDF

A Comissão de Assuntos Sociais do Senado Federal (CAS) aprovou, nesta quarta-feira (25), o Projeto de Lei do Senado (PLS) 541/2015, que proíbe a pulverização aérea de agrotóxicos em plantações. Foto: Pedro França/Agência Senado.

 

A Comissão de Assuntos Sociais do Senado Federal (CAS) aprovou, nesta quarta-feira (25), o Projeto de Lei do Senado (PLS) 541/2015, que proíbe a pulverização aérea de agrotóxicos em plantações. O PL também veda o registro de produtos que tenham como ingredientes glifosato, carbofuran, fosmete e lactofen.

Antonio Valadares, autor da proposta, ressaltou que o Brasil é o maior consumidor mundial de agrotóxicos, com mais de 1 milhão de toneladas por ano. O parlamentar também acrescenta que a pulverização aérea em plantações contamina o meio ambiente e que o uso indiscriminado desses produtos pode causar doenças, como câncer e autismo.

O Projeto de lei vai para análise da Comissão de Agricultura e Reforma Agrária (CRA).

*Com informações da Agência Senado.

 

Leia Também

Agrotóxico mata milhares de abelhas no interior de São Paulo

UFRJ lança portal que reúne informações sobre agrotóxicos no país

Alimentos apresentam agrotóxicos acima do permitido em SP e DF