Área equivalente a Brasília foi destinada a virar UC
Salada Verde
Sua porção fresquinha de informações sobre o meio ambiente

Área equivalente a Brasília foi destinada a virar UC

((o))eco
terça-feira, 30 junho 2015 0:44

504 mil hectares deverão virar unidades de conservação. Foto: Jorge Cardoso/MMA
504 mil hectares deverão virar unidades de conservação. Foto: Jorge Cardoso/MMA

O Instituto Chico Mendes e o Serviço Florestal Brasileiro ganharam 503,6 mil hectares de terras públicas federais que deverão ser convertidas em unidade de conservação. A destinação dessas terras para o Ministério do Meio Ambiente ocorreu por meio do programa Terra Legal, que regulariza áreas e imóveis localizados na Amazônia Legal.

As áreas estão localizadas nos estados do Acre, Amazonas, Amapá, Mato Grosso, Maranhão, Pará, Rondônia, Roraima e Tocantins e é quase do tamanho de Brasília.

Segundo a ministra Izabella Teixeira, o próximo passo será a criação de uma comissão técnica que estudará qual a destinação mais adequada para as áreas.

O programa Terra Legal foi criado em 2009 e é coordenado pelo Ministério do Desenvolvimento Agrário (MDA). A cerimônia de entrega foi feita na semana passada (24), em Brasília. Foram destinados, ao todo, 13 milhões de hectares, sendo a grande maioria para a reforma agrária e regularização fundiária (12,3 milhões de hectares), seguida de área para criação de Terras Indígenas (2,3 milhões de hectares). Apenas 4% foram destinadas para criar novas Unidades de Conservação (504 mil hectares).

 

 

Leia Também
Ministério do Meio Ambiente ganha 952 mil hectares para preservar
Precisamos de um poupa tempo rural
MPF critica tabela de preços do Terra Legal

 

 

 

 

Deixe um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.