((o))eco Data
Plataforma de jornalismo de dados do site ((o))eco. Por Daniel Santini

Celulares são os campeões de obsolescência programada

Daniel Santini
sexta-feira, 14 março 2014 20:36

Os celulares e smartphones são os campeões de obsolescência programada, sendo substituídos com frequência e descartados sem nenhum cuidado ambiental. É o que aponta pesquisa divulgada no começo do mês pelo Instituto de Defesa do Consumidor (IDEC), baseada em levantamento feito pela Market Analysis. Neste sábado, dia 15, celebra-se o Dia Internacional do Consumidor, e para ajudar na reflexão sobre os novos hábitos de consumo, o site ((o)) eco organizou os principais resultados do estudo nos infográficos abaixo.

Clique nos botões para ver detalhes e comparar as informações, com especial atenção para a velocidade com que se descartam itens eletrônicos, em especial os digitais. Nos três últimos infográficos os dados estão em porcentagem, sendo o último referente aos que descartaram os produtos.

 

 

 

 

Clique aqui para baixar uma tabela em excel com os dados desta pesquisa
e aqui para baixar uma apresentação da pesquisa em powerpoint.

Leia também:

A ameaça física do mundo virtual
Lugar de computador velho é na reciclagem
Impactos do desenvolvimento tecnológico

 

 

 

16 comentários em “Celulares são os campeões de obsolescência programada”

  1. De fato! O celular já é de comum considerado como bem descartável pela maioria das pessoas, e essa tendência está crescendo mais a cada ano. Novos modelos e tecnologia levam as pessoas a buscar a troca dos aparelhos a cada ano.

    Responder
  2. Realmente os celulares estão sendo substituídos com frequência e descartados sem nenhum cuidado ambiental,pois como a tecnologia muda á todo instante as pessoas sempre querem ter o celular mais atual,e descartam o antigo sem terem nenhum cuidado como o meio ambiente.

    Responder
  3. Eles já são criados pra durar no máximo 2 anos, além do consumismo e da propaganda que estimula as pessoas a comprar celular todo santo ano.
    Precisamos mudar essa mentalidade de consumo e ter locais específicos para descartar este tipo de lixo.

    Responder
  4. Chegamos num impasse: há muito mais celulares do que seres humanos e uma hora vai ficar impraticável descartar os obsoletos. A única saída é reciclar o que for possível para minimizar o impacto negativo no meio ambienta.

    Responder
  5. Posso dizer então que tenho consciência e estou ajudando o meio ambiente, porque tenho o mesmo celular a anos, velho velho mesmo, kkkkk justamente porque não acho necessário ter outro se o meu funciona tão bem. Mas nesse mundo consumista, as pessoas pensam só em si, nos seus desejos e nada no planeta…

    Responder
  6. Pela quantidade de celulares que são comprados e descartados diariamente é lamentável que não existam campanhas de conscientização e postos de reciclagem espalhados pelas cidades.

    Responder
  7. Por isso a logística reversa é tão importante, existem vários projetos para o recolhimento desses materiais, além de eletrodomésticos de grande porte, dentro dos correios. Além da falta de investimento na área também falta consciência de todos, pois esses materiais além de poluírem são extraídos e produzidos a grande custo

    Responder

Deixe um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.