Presente de Ano Novo: a gigantesca “flor-cadáver” desabrochou
Fauna e Flora
Curiosidades e notícias sobre os bichos e plantas de todo o mundo

Presente de Ano Novo: a gigantesca “flor-cadáver” desabrochou

((o))eco
sábado, 29 dezembro 2012 12:00

A famosa flor-cadáver resolveu se abrir na semana entre o Natal e o Ano Novo e mostrar sua beleza única — e gigante — ao público que frequenta o Jardim Botânico Inhotim, em Minas Gerais. Considerada a maior flor do mundo, sua alcunha é por conta do odor que já foi descrito como “uma mistura de açúcar-queimado com peixe-podre”. A bela atrai moscas e besouros, que são seus polinizadores.

A planta produz sua flor, no mínimo, a cada 2 anos. Antes dessa, a última foi em dezembro de 2010 e atraiu milhares de pessoas a Inhotim.

A Amorphophallus titanum chega a 1,63 metros de altura. A espécie foi descrita originalmente por Odoardo Beccari, em 1878, botânico do Jardim Botânico de Florença, que a encontrou na Ilha de Sumatra, Indonésia.

A planta de Inhotim cresceu a partir de sementes enviadas pelo jardim botânico Marie Selby, na Flórida.

Deixe um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.