Espécies em Risco
A cada semana, uma nova espécie nacional e internacional em risco de extinção. Porque para conservar é preciso conhecer.

A baleia-comum hoje é baleia-rara

((o))eco
sexta-feira, 12 dezembro 2014 20:23

Uma baleia-comum ([i]Balaenoptera physalus[/i]) fotografada em meio a um salto, no Mar Mediterrâneo. Foto:
Uma baleia-comum ([i]Balaenoptera physalus[/i]) fotografada em meio a um salto, no Mar Mediterrâneo. Foto:

A baleia-comum (Balaenoptera physalus) é o segundo maior animal existente no planeta, depois da baleia-azul. Também conhecida como baleia-fin e rorqual-comum, este mamífero marinho pode atingir até 27 metros de comprimento. As baleias-comuns podem ser encontradas em todo os principais oceanos. Entretanto, elas foram severamente afetadas pela caça comercial de baleias: cerca de 750 mil animais foram mortos em áreas do hemisfério sul só entre 1904 e 1979, e elas raramente são avistadas lá hoje. O status atual destes animais é desconhecido na maioria das áreas fora do Atlântico Norte. Embora a Comissão Baleeira Internacional (CBI) tenha obtido uma moratória para a pesca comercial da espécie, Groenlândia, Islândia, Noruega e Japão ainda continuam a caça em determinadas épocas do ano. Também ameaçada por colisões com navios e ruídos de atividades humana nos oceanos, a baleia-comum é considerada com espécie Em Perigo de Extinção pela Lista Vermelha da IUCN.

 

 

Leia Também
Os gigantescos perigos para a tartaruga-de-couro
Atum-rabilho: caiu na rede, está em extinção
Deixe o panda-vermelho em paz

 

 

 

 

1 comentário em “A baleia-comum hoje é baleia-rara”

Deixe um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.