Espécies em Risco
A cada semana, uma nova espécie nacional e internacional em risco de extinção. Porque para conservar é preciso conhecer.

Macaco-Aranha: contempla o seu futuro

((o))eco
quinta-feira, 7 agosto 2014 19:28

Macaco aranha ([i]Ateles belzebuth[/i]) em momento contemplativo num zoológico em Buenos Aires, Argentina. Foto:
Macaco aranha ([i]Ateles belzebuth[/i]) em momento contemplativo num zoológico em Buenos Aires, Argentina. Foto:

Também conhecido como coatá ou macaco-aranha-do-peito-amarelo, o macaco-aranha Ateles belzebuth é um primata endêmico do bioma Amazônico. O habitat da espécie se estende do norte e oeste do estado do Pará, a oeste dos rios Tocantins e Araguaia, e a leste do rio Tapajós. No entanto, em razão da caça, do desmatamento, das alterações do hábitat e à exploração madeireira, exemplares de macacos-aranha só podem ser encontrados dentro de áreas protegidas como Parque Nacional do Pico da Neblina (AM), Floresta Nacional do Tapajós (PA) e nas Estações Ecológicas de Maracá, Caracaraí e Niquiá (RR). A espécie está em risco de extinção, classificada pelo ICMBio como uma espécie Vulnerável. A IUCN, por sua vez, lista como Em Perigo por entender que a população da espécie diminui em pelo menos 50% nos últimas três gerações (cerca de 45 anos) devido à caça e perda de habitat, principalmente.

 

 

Leia Também
Veste-amarela, estão a lhe roubar o guarda roupa
Sabiá-Pimenta: sobrevivência nos olhos é refresco
Tartaruga-verde: estamos de olho em você

 

 

 

Deixe um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.